(Mário Quintana)

Google Custom Search



quinta-feira, 21 de junho de 2007

O Barco da Vida

© Walmir Lima
O Barco da Vida
para Jorge e Estephania
Barco, barco, barco...
Barco de dois timoneiros!
Que navega esse lindo caudal.

Barco, barco, barco...
Barco de dois timoneiros!
Que supera qualquer temporal.

Barco, barco, barco...
Barco de dois timoneiros!
Quando o barco tem dois timoneiros
Navega em qualquer direção.

Barco, barco, barco...
Barco de dois timoneiros!
Esse barco tem dois timoneiros
Um é flor, o outro, amor... se fez a paixão!

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

9 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Que lindo! SEm palavras... Vcs poetas andam nos tirando o fôlego... :-)

21 de junho de 2007 21:41  
Anonymous Maria Helena disse...

Lindo!!!Pura realidade!
Beijos!
Maria Helena.

21 de junho de 2007 23:20  
Anonymous Angela disse...

O barco ideal...
"Barco de dois timoneiros!"

22 de junho de 2007 00:34  
Blogger Jorge Lemos disse...

dois timoneiros

Num baeco de dois timoneiros,
o amor chega sempre primeiro,
Um porto mais longe a chegar,
sair navegando ao longo do mar.

Walmir
Tua poesia me enterneceu de tal forma, que pela cadência ritmica me
inspirou a cantar e a compor.

Velas ao vento sempre me convidam
aos longos passeios. A mente vaga,
uma vaga maior, a da amizade, se faz presente.
Bom ter vc como grande amigo.

22 de junho de 2007 14:06  
Blogger Anne M. Moor disse...

Cantem pra nós e postem aqui... Vai...

22 de junho de 2007 16:04  
Anonymous zuleica disse...

Gostei muito da poesia. Lembra um bom casamento - que existe, sim. Embora tenha sido sujeito a chuvas e trovoadas (alguns não são), o meu casamento tem sido um barco com dois timoneiros. Às vezes um remo tende a seguir a direção da cabeça do outro, mas tudo bem... continuamos firmes.

25 de junho de 2007 11:04  
Blogger Maria disse...

Belíssimo poema.
Linda figura.
Barco de dois timoneiros!
Céu e mar, um unico quadrante
almas fundidas de eternos amantes.
A vida a dois é uma grande magia,
Levou-me a escrever o seguinte:
PROCURA-SE: TIMONEIRO COM BÚSULA PARA BARCO QUE ANDA NAVEGANDO EM CÍRCULOS.

27 de junho de 2007 09:29  
Anonymous thiago lima disse...

Pai pra vc...

"Nesse barco onde eu navego
Ainda não sou o capitão.
Muito menos sou um cego velho,
Mas, com minha viola na mão,
E duas asas que me fazem transportar
Muito além desse seu mar.
Viajo pro infinito,
Pro espaço sideral.
E sinto agir em mim
aquele anjo infernal..."
Veio-me à mente e tive q postar. Bjo Paizão, saudades. Espero que goste!!!

15 de agosto de 2007 00:54  
Blogger Walmir Lima disse...

Não só gostei, como estou ficando 'inchado'...

15 de agosto de 2007 00:56  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

9 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL