(Mário Quintana)

Google Custom Search



sábado, 5 de maio de 2007

Clarice Lispector - A Hora da Estrela

© Walmir Lima
Clarice Lispector

Ao visitar o Blog de Maria, Sonhar e Voar, percebi que Clarice Lispector é sua grande inspiradora. Com justa razão.

Lembrei-me, então, de que estamos vivendo um período de homenagens à grande escritora por todo o Brasil e quis render-lhe também a minha.

Meus filhos e sobrinhos não visitam meu Blog. Entretanto, um dos motivos pelos quais comecei O Centauro foi o de que servisse de veículo inspirador para lhes despertar o interesse pelas artes, principalmente pelas obras literárias.

Mas não importa; teimo, insisto, apresento um a um os autores. Quem sabe um dia...

O país escolheu o ano de 2007 para se impregnar pela inquietude e para se render à genialidade cheia de mistério e de deleite dessa mulher, meio brasileira, meio ucraniana, viajando por seus ricos pensamentos.

Em vários lugares do país encontram-se obras, exposições, seminários, a criação do site exclusivo (www.clarice-lispector.com.br) e até o lançamento de mais um livro seu: o “Entrevistas”, que a Rocco lança amanhã, dia 5 de Maio, reunindo 42 conversas realizadas pela Clarice-jornalista com celebridades entre Maio de 1968 e Outubro de 1969.

Clarice é autora de oito romances, oito livros de contos, cinco obras infantis e inúmeras matérias jornalísticas. Entre as obras mais aclamadas estão o romance “Perto do Coração Selvagem” e a novela “A Hora da Estrela”, que comemora 30 anos de lançamento.

Clarice Lispector nasceu na Ucrânia, em 1920, e foi batizada com o nome de Haia. Recebeu o nome que a consagrou mundialmente em 1922, quando desembarcou no Brasil, sua terra por adoção. Vivia de suas obras. Sua estréia literária se deu em 1943, quando, aos 23 anos, teve publicado o seu “Perto do Coração Selvagem”.

Clarice se tornou nome internacional, tendo como um dos pontos fortes sua capacidade de impregnar qualquer tema, mesmo os mais superficiais, com uma profunda humanidade.

Morreu em Dezembro de 1977, porém imortalizou-se através de suas frases, reveladoras de sua inquietude, como: “Ouve-me, ouve o meu silêncio. O que falo nunca é o que falo e sim outra coisa. Capta essa outra coisa de que na verdade falo, porque eu mesma não posso”.


“Minha alma tem o peso da luz.
Tem o peso da música.
Tem o peso da palavra nunca dita,
prestes, quem sabe, a ser dita.
Tem o peso de uma lembrança.
Tem o peso de uma saudade.
Tem o peso de um olhar.
Pesa como pesa uma ausência.
É a lágrima que não se chorou.
Tem o imaterial peso da solidão
no meio de outros.”


(Fontes: Biblioteca Prof. Nelson Foot - Rebecca Ribeiro)

Marcadores: , ,


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

15 Comentários:

Anonymous Lú. disse...

Todos aproveitamos e muito bem suas sujestões(que são ótimas), e ja vi sobrinha, e filhos por aqui...

5 de maio de 2007 01:29  
Blogger Walmir Lima disse...

Vimos, mas faz tempo, Lú, faz tempo...

5 de maio de 2007 01:42  
Anonymous Thiago disse...

Pai estou morrendo d saudades, adorei seu blog gostaria muito de poder entrar mais, mas ta difícil você sabe né a an e o pi tb estão na mesma situação e tb gostariam de poder entrar, por aqui esta como te contei, muito corrido trab novo cargo novo e evoluindo graças a deus, bom muito bom, adorei, vou conhecer mais de clarice L., sede de cultura, todo ser deveria saber que toda água do planeta é insuficiente para ceder nossa sede Bjaum te amamos muito Thiago!

5 de maio de 2007 01:49  
Anonymous Thiago disse...

realmente seu lamento não é em vão poderiamos entrar todo dia, cultura é alimento pra alma e todos andamos magrinhos bem magrinhos heheh bjaum pai mas agora não tem mais porque reclamar hehehe Bjoss!

5 de maio de 2007 01:55  
Blogger Anne M. Moor disse...

Linda homenagem... Contribuindo...
"Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor.
Que tem que ser vivido até a última gota.
Sem nenhum medo. Não mata."

Clarice Lispector
http://www.geocities.com/Paris/Concorde/9366/index1.htm

5 de maio de 2007 08:07  
Blogger Walmir Lima disse...

Filho meu: E minha alma se aquieta...valeu! Valeu ter vivido.

5 de maio de 2007 10:46  
Anonymous Lú. disse...

Não sei a etmologia do seu nome, mas deveria ser:
Walmir:aquele que expõe a alma.

5 de maio de 2007 10:52  
Blogger Walmir Lima disse...

Lú, Anne: e vocês são as melhores leitoras de almas que conheço. Um beijo.

5 de maio de 2007 10:57  
Blogger Walmir Lima disse...

Lú: Atualizei meu perfil. Acho que encontrei a melhor definição para o que eu sempre fui.

5 de maio de 2007 11:06  
Blogger Anne M. Moor disse...

Alma doce ...

5 de maio de 2007 15:55  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Hehehe...
To rindo, e o Walmir sabe porquê.

5 de maio de 2007 22:38  
Anonymous Lú. disse...

Onde digo digo, nao digo digo, digo Diogo.Onde digo sujestões, quero dizer sugestões.

5 de maio de 2007 23:13  
Anonymous Thiago Lima disse...

anne e a todos vlw a dica, ernesto grande amigo cara ele te preza tanto, e a todos tb q ak estaum como jorge disse "abs largo" (adorei) e bjo no coracao d todos

15 de agosto de 2007 02:36  
Blogger ANA disse...

Mi alma tiene el peso de la luz...
Hoy publiqué un texto de "Agua viva" de Clarice L.
Un abrazo grande Walmir, conocí a Clarice gracias a tu blog, hace ya algunos meses, Es mérito tuyo, gracias.
ana.

24 de fevereiro de 2008 16:53  
Blogger Walmir Lima disse...

Ana,
Clarice es una de las que más me gustan, pero es muy especial por la forma con la cual miraba la vida.
Alegro mucho que te complace también.

24 de fevereiro de 2008 17:14  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

15 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL