(Mário Quintana)

Google Custom Search



domingo, 11 de maio de 2008

Te Amo, Mãe

© Walmir Lima

Meu primeiro Dia das Mães sem você.

Parece incrível dizer isso quando ainda te sinto tão presente em minha vida.

Tão presente em meus pensamentos, todos os dias.

Parece incrível, pois todos os anos, durante tantos anos, sempre estivemos juntos nessas datas: teu aniversário, o Natal e o Dia das Mães.

Poucas foram as vezes em que eu estava viajando e não pude ir ao teu encontro.

Hoje, como em todos os anos, levantei cedo e fui comprar as flores de que você tanto gostava.

E comprei.

Hoje, como em todas as vésperas, levantei-me com um só pensamento: o de te ver mais uma vez.

Queria poder te ver.

Só mais esta vez, meu Deus, só mais uma vez...

Poder receber teu abraço, tua alegria em me ver, o teu beijo querido, teu olhar bem nos meus olhos e poder ouvir você me perguntar se estava tudo bem, se a saúde estava boa, se eu estava me alimentando direito...

Como sempre fez.

Eu precisava escrever para te dizer...

Feliz Dia das Mães, Dona Chiquita.

Você é a reminiscência do sonho onde dormem as palavras e os gestos.

Te amo, Mãe...

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

14 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Ela está contigo sim e se fechares os olhos e te concentrares, a verás como sempre a poderás ver. Feel the warmth of her arms around you. She's there with you.
Beijos

11 de maio de 2008 08:29  
Blogger Jorge Lemos disse...

Grato momento do encontro. U´a mãe
presente sempre, amor eterno, bendita troca.
Os laços se apertam, os sonhos revivem, a doçura da mãe presente.
Apenas ela dorme...

11 de maio de 2008 13:27  
Blogger  disse...

Walmir :
Se as lágrimas que derramo ao ler O Centauro tivessem preço, um de nós dois já estaria rico(rs).
Parabéns a todas as mães que derem uma passadinha por aqui.Um beijo grande pra minha, um pra D. Chiquita e outro pro filho dela.

11 de maio de 2008 13:50  
Blogger Angela disse...

Impossível conter a emoção.
Penso que ela te abraça, te beija, te olha nos olhos...e já não precisa perguntar...está contigo o tempo todo...como sempre esteve.
Te diz: Te amo, filho!
Você pode ouvir.

Beijo

12 de maio de 2008 01:02  
Blogger ana disse...

Walmir,
sabes que no me olvido de vosotros, aunque estaré una temporada sin venir por los blogs.
Diablillos emocionales ha cerrado descanso, temporalmente supongo.
Necesito un poco de alejamiento de todo este mundo del blog.
. . . .
Te doy gracias por tus palabras.
Y te mando un beso para intentar consolar el dolor que sientes en este momento de recuerdo de tu madre. Tiene que ser doloroso.

Walmir,
sabes que não me esqueço de vocês, ainda que estarei uma temporada sem vir pelos blogs. Diablillos emocionais fechou descanso, temporariamente suponho. Preciso um pouco de afastamento de todo este mundo do
. . . .
Fico, Dou-te obrigado por tuas palavras. E mando-te um beijo para tentar consolar a dor que sentes neste momento de lembrança de tua mãe. Tem que ser muito doloroso. Um beijo grande
ana

12 de maio de 2008 02:30  
Blogger zuleica-poesia disse...

Sua mãe dorme, como a minha. A sua dor é mais recente e, talvez por isso, seja mais profunda que a minha. Tomo emprestado o botão de rosa branco para homenagear a nossa mãe. Saudades!!!!! Um grande abraço.

12 de maio de 2008 09:58  
Blogger Maria disse...

Estamos juntos neste momento. Nada se diz e tudo se sabe. Fica apenas a doce sensação de não estarmos só.
Um grande beijo depois deste silencioso espaço.

12 de maio de 2008 10:17  
Anonymous mariana(sobrinha) disse...

tio walmir...
Belas palavras que diz sobre sua mae...emoções são guardadas de uma pessoa tão especial.. perca de mãe eu não tenho mas uma parte do meu coração se foi..
sinto como se tivesse perdido metade do meu coração..
mas que está guardado para todo sempre...
sinto saudades de tudo o que passamos juntas.. e mesmo que ela esteje com Deus ela está sempre conosco..vó é mae duas vezes...
e nunca partirá de nosso corações..
ela sempre estara contigo..comigo e com todos que a ama...
saudades eterna.. que nunca se´ra esquecida.. amo voce tio...
saudades.. bjus de sua sobrinha!!!!

14 de maio de 2008 22:19  
Blogger Walmir Lima disse...

Anne, Jorge, Lú, Angela, Ana, Zuleica, Maria e Mariana,
Queridos amigos e sobrinha, grato pelo carinho acolhedor.
Vocês são o bálsamo desse momento de vazio.
Amo vocês.

18 de maio de 2008 01:23  
Blogger A.Tapadinhas disse...

Comoventes as palavras, de tão sentidas chegaram até mim, que o conheço tão bem, sem o conhecer pessoalmente...

Abraço.
António

18 de maio de 2008 07:09  
Anonymous Maria Helena Trevisan disse...

Walmir,
Mãe sempre alguém que representa o carinho, o apoio, o consolo... embora dê uma bronquinha, um pitinho, um cutucão , na hora certa. Nesse momento, muitas vezes nem percebemos, sentimos até uma certa bronca...um certo atrito entre gerações, mas depois... só o tempo nos faz entender isso...e tudo pássa, fica a presença forte do ter mãe, do papel de mãe, que se faz presente e forte, sempre... sempre permanente , embora nos pareça ausente.
Beijokas em teu lindo coração.

18 de maio de 2008 13:36  
Blogger zuleica-poesia disse...

Walmir, estamos esperando por você. Abraço.

19 de maio de 2008 11:15  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Irmão meu, que escolhi:

Você tem muitos abraços para recordar. Escolhe qualquer um deles, feche os olhos e sinta.

Tem também mães que ficaram. A filha ângela é a mais próxima.

Ah! E Ziza também perguntou de você no domingo das mães. Pelo telefone, que ingrato filho sou.

24 de maio de 2008 03:06  
Anonymous Cynara Mattos disse...

Walmir,
Depois de ler o que vc escreveu para o seu neto Piero, que muito me emocionou, li esse poema lindo....
Já estava indo dormir, qdo resolvi dar uma passadinha, para ler um poema seu, e poder dormir mais feliz...E assim foi...Que lindo meu querido!! Que emoção gostosa que estou sentindo!
Muito obrigada pelo momento..
Boa noite e um beijo meu,
Cynara

5 de setembro de 2012 00:59  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

14 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL