(Mário Quintana)

Google Custom Search



domingo, 19 de abril de 2009

Imaginária

© Walmir Lima

Te amo

E, ao dizê-lo,
Exponho o coração...

E as cicatrizes desaparecem.

Não importa a distância,
E o físico que nos separa desaparece.

Voa o pensamento
E o desejo inabalável de te ter.



.
(Imagem: Danae, óleo sobre tela de Gustav Klimt)

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

25 Comentários:

Blogger Flavio Ferrari disse...

E você lá é homem de ficar imaginando sem target ?

20 de abril de 2009 01:05  
Blogger Anne M. Moor disse...

Isso Walmir, abre as asas e deixe-se voar. É tão bom...

Beijos

20 de abril de 2009 08:59  
Blogger Walmir Lima disse...

Flávio,

Sim, sempre existe e existiu um target, mas os limites do irrealizado me levam ao imaginário.
Ontem acordei assim...
Despertei sem despertar do sonho e as palavras dançando em minha mente, me obrigavam a escrever, como que para ganharem vida, materializar-se.
Sou eternamente apaixonado por essa imaginária, pairando no espaço também imaginário.
Eu sou assim, um homem alegre e, ao mesmo tempo, um velho nostálgico, sonhador, que faz de conta que as cicatrizes não existem ou desaparecem, num otimismo absurdo, como eu próprio.

20 de abril de 2009 15:07  
Blogger Walmir Lima disse...

Anne,

A lamentar apenas essas minhas 'Asas de Ícaro' com que teimo voar.
Não há Egeu que aguente.

Bjo

20 de abril de 2009 15:15  
Blogger Anne M. Moor disse...

Então troca de asas... :-)

20 de abril de 2009 16:46  
Blogger Ti disse...

Walmir,

Admiro sua capacidade imaginativa... Confesso que não consigo nem mesmo ser virtual!!

Beijos

20 de abril de 2009 21:08  
Blogger Avassaladora disse...

Walmir te confesso que me perdi entre a beleza do seu poema e um trecho da sua resposta ao Flávio...

"Eu sou assim, um homem alegre e, ao mesmo tempo, um velho nostálgico, sonhador, que faz de conta que as cicatrizes não existem ou desaparecem, num otimismo absurdo, como eu próprio."

E do seu poema vem a magia:

"Te amo

E, ao dizê-lo,
Exponho o coração..."

Não sou escritora nem poeta (poetisa?), e não saberia colocar em palavras os sentimentos que vc despertou em mim, com tamanha poesia!

Absurdamente lindo!

Beijos encantados!

23 de abril de 2009 14:51  
Blogger Walmir Lima disse...

Ti,

Logo você que, claramente, sabe perfeitamente imaginar como ser para fazer seu amado tão feliz?
Sou eu quem fica admiradaço!
Tudo de bom procês.

23 de abril de 2009 16:13  
Blogger Walmir Lima disse...

Oi, Avassaladora

O que eu escrevo é apenas um pedaço de mim, que, sem rédeas, de forma plasmática, se transpõe ao papel.

Se isso te causou um sentimento bom, agora eu é que me confesso com um belo nó na garganta...

Beijão

23 de abril de 2009 16:26  
Blogger Avassaladora disse...

Walmir, te devo mil pedidos de desculpas...
Só hoje relendo seu post "Guerreira", é que que vi/li as suas respostas ao meu comentário...rs
Confesso que adorei cada palavrinha sua... E consegui ler sim...rsrsrs
A imagem é bonita, mas não me provoca...O que me provoca mais são suas palavras!
Esse lance de virtual é complicado... Por mais que achamos que somos adultos e experientes...rsrs
Acabamos embarcando am alguma ilusão...rsrsrsr
Doces ilusões!

Vi seu quadro. Lindo. Pintor e Poeta é uma mistura perigosa!
O que usei em meu blog é imagem da internet... Realmente é um tanto parecido o estilo...

So o último comentário.... Que bom saber que posso emocionar vc... Sinal que tens sentimento!

É essa força de sentimentos que nosa tornar mais ou menos humanos!

Beijos avassaladores!

PS: Estou me acostumando com essa turma do Prozac... Funciona mais como um bate-papo...rs
Adorei conhecer vc e toda essa "tiurma"...rsrsrs
Aqui há uma descontração total!

25 de abril de 2009 12:23  
Anonymous Jorge Lemos disse...

Imaginária é a expressão
da busca do objetivo no subjetivo;
TRADUZ O POEMA, PELA SÍNTESE,
UM UNIVERSO INTEIRO.
Só na quinta leitura em voz alta
consegui obter o resultado, ou
percepção da destinação:
Obrigatório reconhecer
o valor da manifestação
por sua introspecção.
ESTE É SEU MOMENTO MÁGICO.

Abraços

Lemos

Perdoem-me

25 de abril de 2009 13:23  
Anonymous Jorge Lemos disse...

HÁ ,neste espaço, um ilimitado
espaço: choque do ontem e do
hoje. O poema é essencialmente
semiótico: necessário ler o que se esconde sob os signos.

Lemos

25 de abril de 2009 13:27  
Blogger Walmir Lima disse...

Avassaladora,

É bom ser Bloguenígena.

Teu comentário me inspirou para dizer a você e aos que estão chegando e se sentindo bem nessa nossa Blogaldeia...

É mesmo incrível o micro-universo que se criou em torno dos Blogs que compõem o que assim chamamos: "A nossa Blogaldeia".

Há um tempo atrás, eu até fiz uma brincadeira aqui no 'O Centauro' e chamei seus componentes de "Bloguenígenas".

Formamos um grupo heterogêneo em sua individualidade mas muito homogêneo em sua essência espiritual.

Nos amamos e nos respeitamos muito.

De vez em quando nos reunimos lá no Genial, ou na casa do Jorge, ou na casa do Flávio, ou em algum lugar temático para nos vermos, nos tocarmos, já que nos tocamos a alma todos os dias na virtualidade da net.

A força que nos une é tão grande que nos dá uma vontade enorme de nos conhecermos pessoalmente.

E isso vale para todos.

Já recebemos visitas muito queridas de outras cidades e de outros Estados.

Num futuro muito breve, o Flávio vai realizar o que é um desejo fortíssimo de todos nós: vai passar por Lisboa e vai conhecer pessoalmente o nosso tão querido António Tapadinhas, que é uma figura inesquecível, que, além de escrever divinamente é também um artista plástico que nos causa a maior admiração.

Tudo isso em decorrência desse nosso "convívio" virtual, que converge, quase sempre, no nosso Blog coletivo - o Prozac Café.

Cada novo frequentador, tenha seu próprio Blog ou não, é sempre bem-vindo e a genética Bloguenígena logo se revela.
Eu até digo que...

Na Blogaldeia não nascemos para viver, nascemos para conviver.

25 de abril de 2009 16:40  
Blogger Walmir Lima disse...

Jorge, amigo

Tuas palavras, vindas de quem vem, são um conforto e um acalanto para este ser ensandecido pelo prazer e as paixões do viver.

Um abração

25 de abril de 2009 16:47  
Blogger Avassaladora disse...

Walmir, é muito bom ver como vcs se interagem de forma tão amiga. É bom esses encontros. A gente foge um pouco desse mundo tão "maquinal" e virtual...rs
Já comentei com o Flávio, que é uma pena os blogueiros de BH não tomarem essa iniciativa...
Os minerim são muito ariscos...rs

Quem sabe qualquer hora não aterriso em Sampa e conheço esse pessoal encantador...
Realmente, antes de nos tocarmos fisicamente, nossas almas se tocam diarimente através de carinhos mil em forma de palavras...

Me sinto lisonjeada pela doce acolhida...

Beijo avassalador!

26 de abril de 2009 01:09  
Blogger Anne M. Moor disse...

Depois de ler os últimos comentários e o relato poético do Walmir querido, me deu vontade de dizer que o que 'tocamos' pelo meio virtual é por vezes inacreditável pra nós incrédulos!!! Temos aprendido por aqui o quanto nos alcançamos por este meio.
Lembro sempre o Jorge, a primeira vez que o toquei, e ri e ele me disse: já conhecia essas risadas...

Mágico! Maravilhoso! Essencial!

Beijos

26 de abril de 2009 10:57  
Blogger A.Tapadinhas disse...

Cada uma das palavras deste poema tem um significado inteiro, cada uma das frases tem uma vida e no seu todo está o mundo... como na pintura escolhida!
Abraço.
António

26 de abril de 2009 10:58  
Blogger Walmir Lima disse...

Avassaladora,

E você, creia, é muito bem-vinda.

26 de abril de 2009 11:54  
Blogger Walmir Lima disse...

Anne,

E isto sem falar que o Jorge tem toda uma incrível percepção extra-sensorial, que deixa a gente todo arrepiado.

26 de abril de 2009 11:56  
Blogger Walmir Lima disse...

António, meu amigo

Eu já disse antes...
Você é uma artista que pinta com as palavras, tanto quanto escreve em forma de pintura.

Um abração de Centauro para Centauro, de Sagitário para Sagitário.

26 de abril de 2009 11:59  
Blogger Avassaladora disse...

“É possível acariciar as pessoas com palavras” (Francis Scott Fitzgerald )

E vc sabe fazer isso muito bem!

Beijos e tenha uma linda semana!

27 de abril de 2009 01:08  
Blogger Avassaladora disse...

Por onde anda vc, que a gente não vê...


Beijos!

28 de abril de 2009 13:52  
Blogger Avassaladora disse...

Por acaso esse sumiço é alguma técnica de tortura chinesa...rs

Tipo para matar alguém de saudade? rs

Espero que esteja tudo bem contigo.

Beijos avassaladores!

30 de abril de 2009 12:16  
Blogger Walmir Lima disse...

Oi, Avassaladora

Gostaria de participar mais dos papos dos Blogs, mas minha profissão tem dessas coisas.
Às vezes fico "fora do ar" por uns 4, 5 dias (ou às vezes mais quando tem algo "pegando"), concentrado em minhas atividades.
Só me sobram (de vez em quando) umas poucas horinhas por noite para dormir.
Passado o temporal, eu reapareço e posto alguma coisinha, algum texto.

30 de abril de 2009 23:53  
Blogger Walmir Lima disse...

Nesses dias mesmo estava pensando em postar uma pequena história que aconteceu comigo há alguns anos. Uma experiência maravilhosa com uma pessoa muito especial.
Quem sabe vou conseguir escrever nesse fim de semana?

30 de abril de 2009 23:55  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

25 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL