(Mário Quintana)

Google Custom Search



sábado, 2 de junho de 2007

Lua Azul (Blue Moon)

© Walmir Lima


Volto ao tema, atendendo a pedido, porque constatamos, com tristeza, que a atual cultura, ou falta de cultura, está quase extinguindo o romantismo de boa parte de nossa juventude e alguns, mais jovens, não sabem o que é a chamada Lua Azul. Assim, vou fazer alguns comentários sobre esse lindo fenômeno, baseado em coisas que li há algum tempo....

Blue Moon, a Lua dos românticos e enamorados, foi cantada e declamada por poetas inspirados.

Quem tem mais de 30-40 anos vai se lembrar, inclusive, da linda e famosa música “Blue Moon”, cantada pelos The Platers e que fez muito sucesso, por décadas.

Desculpem-me pela pouca voz e a “cara-de-pau”, mas, até gravei um trechinho cantando (corajosamente), mesmo sem acompanhamento, para ver se alguém se lembra.




Blue moon,
You saw me standing alone,
Without a dream in my heart,
Without a love of my own.

Blue moon,
You knew just what I was there for,
You heard me saying a pray for,
Someone I really could care for.

Blue moon,
You saw me standing alone,
Without a dream in my heart,
Without a love of my own.

Blue moon ...
Without a love of my own.


O intervalo de tempo entre duas fases idênticas e consecutivas da Lua (por exemplo, entre duas Luas novas consecutivas ou entre dois quartos minguantes consecutivos), é chamado lunação ou mês sinódico e tem a duração média de 29 dias 12h 44min 2,8s ou, aproximadamente, 29 dias e meio.

Como a maioria dos meses do nosso calendário tem a duração de 30 ou 31 dias, é possível, portanto, que uma mesma fase ocorra duas vezes em um mesmo mês.
Em particular, em determinadas ocasiões, duas fases de Lua cheia podem ocorrer em um mesmo mês: uma no início e a outra ao final.

Nos Estados Unidos há um antigo costume de se dar nomes especiais às Luas cheias de cada mês. A Lua cheia de Agosto, por exemplo, é chamada "Lua do Milho Verde" ou "Lua dos Grãos"; a de Setembro é denominada "Lua da Colheita"; a de Outubro "Lua do Caçador" e assim por diante.

De origem desconhecida, surgiu, mais recentemente, a expressão "Blue Moon" para designar a ocorrência de uma segunda Lua cheia em um determinado mês.

Existe um fascínio por ela ocorrer de forma “extra”, como que a iluminar, generosa, e com cumplicidade, a noite dos enamorados que se amam à luz da Lua.

Em um período de 19 anos, há 8 duplas luas cheias. A tabela adiante relaciona todas as "Luas Azuis" no período de 1951 a 2050. Na primeira coluna estão relacionados os anos e na segunda, as datas das duas Luas cheias para o fuso 3h a oeste do meridiano de Greenwich, que abrange a maior parte do território brasileiro.

OCORRÊNCIAS DE DUPLAS LUAS CHEIAS (1951-2050)
ANO - DUPLAS LUAS CHEIAS
1952 - Dez.01 e Dez.31
1955 - Out.01 e Out.31
1958 - Jul.01 e Jul.30
1961 - Jan.01 e Jan.31
1963 - Nov.01 e Nov.30
1966 - Ago.01 e Ago.30
1969 - Mai.02 e Mai.31
1971 - Dez.02 e Dez.31
1974 - Out.01 e Out.30
1977 - Jul.01 e Jul.30
1980 - Jan.02 e Jan.31 - Mar.01 e Mar.31
1982 - Nov.01 e Nov.30
1985 - Jul.02 e Jul.31
1988 - Mai.01 e Mai.31
1990 - Dez.02 e Dez.31
1993 - Ago.02 e Ago.31
1996 - Jul.01 e Jul.30
1999 - Jan.01 e Jan.31 - Mar.02 e Mar.31
2001 - Nov.01 e Nov.30
2004 - Jul.02 e Jul.31
2007 - Mai.02 e Mai.31
2009 - Dez.02 e Dez.31
2012 - Ago.02 e Ago.31
2015 - Jul.01 e Jul.31
2018 - Jan.01 e Jan.31 - Mar.01 e Mar.31
2020 - Out.01 e Out.31
2023 - Ago.01 e Ago.30
2026 - Mai.01 e Mai.31
2028 - Dez.01 e Dez.31
2031 - Set.01 e Set.30
2034 - Jul.01 e Jul.31
2037 - Jan.01 e Jan.31 - Mar.01 e Mar.31
2039 - Out.02 e Out.31
2042 - Ago.01 e Ago.30
2045 - Mai.01 e Mai.30
2048 - Jan.01 e Jan.30
2050 - Set.01 e Set.30


No intervalo considerado (de 1951 a 2050), a partir de 1980, há a ocorrência de "Luas Azuis" duplas (uma em janeiro e a outra em março), repetindo-se a cada 19 anos (1980, 1999, 2018 e 2037).
Na cultura oriental, principalmente a hindu, ela é considerada um acontecimento de muita força magnética e poder espiritual, onde acontecem profundas purificações emocionais, pelo alinhamento dos astros.

No ocidente, a Lua Azul, foi projetada como uma Lua romântica propícia ao Amor e ao Prazer.

Sua aura romântica e poética passou a ser associada à crença de que era propícia ao romance e ao encontro de parceiros.

Surgiu o termo inglês “Blue Moon”, significando algo muito raro, impossível, dando origem a inúmeras músicas e poemas melancólicos ou esperançosos.

Na Mitologia Celta, esta Lua favorece o contato com o Reino Encantado dos seres da natureza.

Ela é “aquela que se torna a visão”, a guardiã de todos os ciclos de transformação, a mãe das mudanças. Esta Matriarca nos ensina a importância de seguir nosso caminho sem nos deixar desviar por ilusões que possam vir a interferir em nossas visões.

Cada vez que nos transformamos, realizando nossas visões, uma nova perspectiva e compreensão se abrem, permitindo-nos alcançar outro nível na eterna espiral da evolução do espírito.

A última visão a ser alcançada é a decisão de simplesmente SER. Sendo tudo e sendo nada, eliminamos os rótulos e definições que limitam nossa plenitude.

Para criar uma atmosfera adequada a uma celebração da Lua Azul, use velas e roupas azuis. Prepare "água lunarizada" expondo garrafas de vidro azul, cheias de água, aos raios lunares. Prepare “travesseiros dos sonhos” enchendo uma fronha de tecido azul com flores de sabugueiro, lavanda ou alfazema, folhas de artemísia e sálvia. Imante cristais e pedras azuis como o topázio azul, a safira, o berilo, a água-marinha, o lápiz-lazuli ou a sodalita.

Usando músicas com sons da natureza, como pios de corujas, cantos de baleias ou uivos de lobos, permita que sua criatividade e intuição levem-no(a) ao Reino das Fadas ou ao encontro das Deusas Lunares.

Olhe fixamente para a Lua, eleve seus braços e “puxe” a luz da Lua para sua testa, seu coração e seu ventre.

Conecte-se, em seguida, à Matriarca, pedindo-lhe orientação sobre as mudanças necessárias para alcançar uma real transformação.

Permaneça, depois, em silêncio e ouça as mensagens e respostas ecoando em sua mente ou alegrando seu coração.”

Nos encontraremos na próxima Lua Azul.

(fonte: Planetário e Escola Municipal de Astrofísica de S. Paulo / Mirella Faur / Héctor Astro)

Marcadores: ,


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

26 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Só na próxima????????????? Eu devo ter menos do que 40... Eu não sabia disso tudo... Viva o Walmir... O aprender está sempre na aurora do dia... Goschtei...
Me manda a música que hospedo no meu site e te dou o endereço pra fazeres o link aqui.
Bjos

2 de junho de 2007 09:52  
Blogger Anne M. Moor disse...

Walmiiiiiiiiiiiiiiiiiiir... que voz linda... And I thought I did...
Bjão

2 de junho de 2007 11:39  
Blogger Walmir Lima disse...

Querida anne,
Acho que depois de velho, estou ficando louco.
Mas, a Dora, minha psico-parteira, disse que eu devia me expressar de todo jeito e forma. Agora só falta eu voltar a pintar minhas telas.
(..esse Blog é mesmo uma terapia...) Chocante!

2 de junho de 2007 12:23  
Blogger Walmir Lima disse...

Não sei se alguém viu, mas a Blue Moon ontem estava magnífica e especialmente linda!

2 de junho de 2007 12:26  
Blogger Anne M. Moor disse...

Fico feliz Walmir que o blog tem te proporcionado essa possiblidade e a nós tbm de usufruir da tua poesia e agora da tua expressão musical... Great!

2 de junho de 2007 14:50  
Anonymous lú. disse...

Walmir:
Acho massa ser louco assim
Dar de ombros por super ego,
Experimentar, correr riscos
Estar vivo...

2 de junho de 2007 15:13  
Blogger Walmir Lima disse...

Oooops! Devo ter cometido alguma falha ao gravar o vídeo (era a primeira vez) e a imagem ficou fixa.
Mas o objetivo era mostrar a música e espero que tenha dado para reconhecê-la.
Outra coisa: Lembram da imagem-icone do filme 'ET', de Spielberg? Ela mostra os meninos e o ET 'voando' de bicicleta e passando em frete a uma grande Lua Azul!
Tudo isso sempre me exerceu um grande fascínio, desde pequeno, e me desperta, ainda hoje, a criança que trago em meu interior.
Olhar a Lua é sempre bom, qualquer Lua, abranda a alma... é mirar o Divino, e nos faz, necessariamente, pelo menos naquele instante, erguer a cabeça.

2 de junho de 2007 19:34  
Anonymous Lú. disse...

Walmir:
O último parágrafo é outro poema.
Manda o e mail pra cá, garoto.
Bjo,
Lú.

2 de junho de 2007 19:53  
Anonymous Angela disse...

Nota Dez!

"A loucura é o sonho de uma única pessoa. A razão, é sem dúvida, a loucura de todos" (André Suarès)

A lua de ontem, aqui no Centro-Oeste, estava "Yellow Moon"!...Linda!

Peraí vou ver como tá hoje!

2 de junho de 2007 22:18  
Anonymous Angela disse...

"White Moon"! Linda!

2 de junho de 2007 22:28  
Anonymous Lú. disse...

E não é que o homem é afinado mesmo....
Sem acompanhamento!
(O video chegou atrasado).

3 de junho de 2007 10:44  
Blogger Udi disse...

Afe! Que voz!
E obrigada por tantas revelações maravilhosas.
Você está mesmo incrível com essa lua em seu signo.

3 de junho de 2007 16:41  
Blogger Anne M. Moor disse...

Walmirrrr...
Bjo

3 de junho de 2007 17:14  
Blogger Amanda Arthur disse...

Nooooossa! Além de poeta, cantor! E ontem, todo modesto, fazendo pouco caso de sua gravação.
Parabéns!

10 de junho de 2007 10:05  
Blogger Walmir Lima disse...

Amanda: O Blog é o nosso 'cantinho de amigos'.
E a idéia era reproduzir aquele papinho entre amigos em que a gente fala: "Lembra daquela?" e o outro pede: "Canta um trechinho pra eu lembrar"...
Obrigado pelo carinho.
Amei ter te conhecido pessoalmente ontem. Como eu imaginava, você é um doce de pessoa. E o nenezinho, ainda está escondidinho, como a barriguinha da mamãe. Mas já deu pra sentir que você é uma mãe radiante. Outro beijo, pros dois.

10 de junho de 2007 11:39  
Anonymous Ti disse...

Walmir,

Ficou o máximo!! Parabéns pela canção e escolha da música...

E viva a Dora!!!

Beijos

10 de junho de 2007 23:51  
Anonymous Thiago Lima disse...

Oia..seu Walmir manda ver garoto hehehe agora só falta vc gravar direitinho com o Piero assim vc corrige a imagem hehehe parabéns e continue... grave mais coisas estou esperando, desinterra o Rock da Veia dos seus anos 70 q cantava tão bem...sabiam pessoal o cara até gravou CD hehehe n época fita!

14 de agosto de 2007 18:40  
Blogger Raquel Neves de Mello disse...

Ja sabia da beleza e do romantismo da lua azul, mas nao fazia ideia da beleza e do romantismo da sua voz.

17 de março de 2008 20:05  
Blogger Walmir Lima disse...

Obrigado pela generosidade, Raquel.
Lindo foi ter te conhecido ontem.
Um beijo.

17 de março de 2008 21:11  
Blogger Raquel Neves de Mello disse...

Ja adicionei seu video aos meus favoritos.

19 de março de 2008 16:13  
Blogger walter sallin disse...

OH VÉIO, EU AINDA TO VIVINHO DA SILVA
HOJE 27 DEZ 2009 VI POR ACASO VOCE CANTANDO, QUE SURPRESA, JÁ TINHA VISTO VOCE ENCANTANDO E TU NÃO ERA FRACO NÃO GAROTO
DESEJO UMA FROTA INTEIRA DE BULKCARRIERS PANAMAX DE SAÚDE E BONS NEGÓCIOS PRÁ TI E TODOS OS LIMA

TENHO MUITAS SAUDADES, FAÇA CONTATO
WALTER SALLIN
TERESINHA
FLAVIO E
RICARDO

27 de dezembro de 2009 12:30  
Blogger Pipo disse...

Bom dia.
Li seu post. Achei muito interessante. Gostaria de saber sobre o desenho do post. Se vc sabe o real significado do desenho e a origem dele?

Grato desde Já.

Christopher

9 de abril de 2012 13:38  
Blogger Walmir Lima disse...

Bom dia, Pipo

Grato pela visita.

A imagem que ilustra o post é uma Mandala de pedra fotografada há muito tempo e que eu gostaria de ter em minha casa.

Só me recordo de que era uma peça ligada à "Lua Azul" mas não fui informado de sua origem na época.

Um abraço
.

9 de abril de 2012 18:03  
Blogger Pipo disse...

Hum...
Obrigado Walmir.
Eu tenho esse desenho tatuado no meu peito. Vi num livro de figuras. E tentei achar o significado mas não encontrei. Apenas das fases da lua mesmo.

Ate mais.

10 de abril de 2012 09:16  
Blogger Unknown disse...

Paixonei!!
Voz de "travesseiro" !

22 de novembro de 2012 21:41  
Blogger claudia disse...

Nossa.. Adoro essa música! Adorei. obrigada. Beijocas Cavaleiro Azul..rsrs

25 de novembro de 2012 14:01  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

26 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL