(Mário Quintana)

Google Custom Search



terça-feira, 8 de maio de 2007

Ilusões do Amanhã

© Walmir Lima
Este poema foi escrito por um aluno da APAE chamado pela sociedade de excepcional.
Excepcional é a sua sensibilidade! Ele tem 28 anos, com idade mental de 15.
Se uma pessoa assim acredita tanto, porque as que se dizem normais não acreditam?




Ilusões do Amanhã

Por que eu vivo procurando um motivo de viver,
se a vida às vezes parece de mim esquecer?
Procuro em todas, mas todas não são você.
Eu quero apenas viver,
se não for para mim que seja pra você.
Mas às vezes você parece me ignorar,
sem nem ao menos me olhar,
me machucando pra valer.
Atrás dos meus sonhos eu vou correr.
Eu vou me achar, pra mais tarde em você me perder.
Se a vida dá presente pra cada um, o meu, cadê?
Será que esse mundo tem jeito?
Esse mundo cheio de preconceito.
Quando estou só, preso na minha solidão,
juntando pedaços de mim que caíam ao chão,
juro que às vezes nem ao menos sei quem sou.
Talvez eu seja um tolo que acredita num sonho.
Na procura de te esquecer, eu fiz brotar a flor.
Para carregar junto ao peito,
e crer que esse mundo ainda tem jeito.
E como príncipe sonhador...
Sou um tolo que acredita, ainda, no amor.

PRÍNCIPE POETA (Alexandre Lemos - APAE)

(Colaboração: Raquel Cazatti)

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

26 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Aiiiiiiiiiiiii Walmir! Que coisa linda... E a tua reflexão no início é uma boa pergunta pra pensar...

8 de maio de 2007 09:33  
Blogger Anne M. Moor disse...

PS... E concordo com o poeta... Tbm acredito no amor. É ele a mola propulsora da vida.

8 de maio de 2007 09:35  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Xi, cara ... me emocionou...
Coisa difícil de acontecer.
Que mais dizer ?

9 de maio de 2007 00:35  
Anonymous Lú. disse...

Alexandre:
"Foi o tempo que passaste com tua rosa que a tornou tão importante"
A.Saint-Exupéry.

9 de maio de 2007 01:02  
Blogger Luisa Fernanda disse...

Walmir, una cosa es cierta, la naturaleza nos puede privar de alguna función, mas el universo, (algunos aun le decimos Dios), al nacer humanos no nos niega la sensibilidad. El amor, es como fuego y fricción contra el carbón, o te mata haciendo fuego o te inmortaliza haciéndote un diamante.

El contacto humano te puede hacer brillante...si no la escencia te la dio Dios, y que valga la poesía

9 de maio de 2007 03:30  
Anonymous Lú. disse...

Luisa:
Eu adoro suas frases, são únicas e genias, e não consigo deixar recado no seu blog( não quero fazer senha...).
Meus cumprimentos então vão por aqui mesmo. O walmir empresta a casa.
Bjo.

9 de maio de 2007 09:43  
Blogger Udi disse...

dizer o quê? só silêncio prá sentir.

9 de maio de 2007 13:35  
Blogger Walmir Lima disse...

Amigos: Conviver com pessoas como vocês tem sido uma grande realização na minha vida. Nunca tive um ciclo de amizades com o qual me identificasse mais e me engrandecesse tanto. Nosso mundinho, que chamamos de blogosfera, tem para mim o peso do Universo. Obrigado por me amarem tanto assim.

9 de maio de 2007 21:48  
Blogger Walmir Lima disse...

Vocês fazem dos comentários verdadeiras obras de arte. Aura de sensibilidade que só os iluminados possuem.

9 de maio de 2007 21:52  
Blogger Walmir Lima disse...

Vocês viram a postagem de ontem do Jorge? É um poema inédito. Mais um lindo que vai sair no próximo livro dele. Já está na Editora.

9 de maio de 2007 22:06  
Blogger Anne M. Moor disse...

A blogosfera é um espaço mágico, ou melhor dizendo, ESTA aldéia blogosférica em que convergimos e nos encontramos é uma dádiva...

10 de maio de 2007 09:30  
Blogger Amanda Arthur disse...

Walmir, compartilho deste prazer e sensação. Esta comunidade que criamos é única...
Sobre o poema do Alexandre, emociona porque é sincero.
Sou também uma tola que acredita ainda no amor!

10 de maio de 2007 11:26  
Blogger Jorge Lemos disse...

Walmir

A imensidão do seu peito abriga
o maior sentimento de humanidade: a partilha.
Genial seu blog

11 de maio de 2007 21:35  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Nessa aldeia blogal uniram-se pessoas com personalidades muito distintas, mas com um traço comum: a sensibilidade.
Por isso mesmo, foi inexoravelmente contaminada por verves poéticas.
Tá até ficando difícil de esculhambar, como disse no blog do Jorge ...

12 de maio de 2007 01:26  
Anonymous Anônimo disse...

"A imaginação é mais importante que o conhecimento."
Albet Einsten.

Venha tomar um café 3 corações na minha sala.Você já melhorou?
viu otma a injeção da gripe!

bjs

12 de maio de 2007 11:28  
Anonymous Lu. disse...

Walmir,
Chama o técnico.Tá demorando muito...
Bjo.
E, lendo o convite acima, me deu uma vontade tomar um "café flavorizado com macadâmia" com você.(rs).
Lú.

12 de maio de 2007 12:09  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Serve um flaviorizado ?

12 de maio de 2007 14:21  
Anonymous Lú. disse...

Serve, claro...Mas, é que o com macadâmia é tão gostozo...
Você que provocou(rs).

12 de maio de 2007 14:40  
Anonymous Lú. disse...

Walmir, acesse:
http://www.youtube.com/watch?v=cWOly-
Sei que é admirador.
Bjao

12 de maio de 2007 15:19  
Anonymous Lú. disse...

gostoso(digo).
Eu não sou sempre assim atrapalhada.
Juro...

12 de maio de 2007 17:41  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Não vou nem comentar mais ...

13 de maio de 2007 02:16  
Blogger Maria disse...

Belo príncipe! Belo sonho. Sonho.
Depois destes dias fora. Belo recomeço.

13 de maio de 2007 06:05  
Blogger zuleica-poesia disse...

Muito obrigada, Walmir. Este texto é para ser lido com muita humildade. Abraço da Zuleica.

14 de maio de 2007 10:27  
Anonymous Lú. disse...

Walmir:
Arruma logo esse PC...


Lú.
PS:Adorei o torpedo, gentil como sempre.

14 de maio de 2007 10:59  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Porque parou? tã tã tã
Parou porquê? tã tã tã

16 de maio de 2007 18:54  
Blogger Anne M. Moor disse...

Unindo-me ao coro... kd você Walmir... Materialize-se... Estamos com saudades...

17 de maio de 2007 00:10  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

26 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL