(Mário Quintana)

Google Custom Search



sábado, 19 de maio de 2007

Brilho Estelar

© Walmir Lima

Estephania e Jorge Lemos

A mulherada da nossa blogosfera anda toda assanhada 'batendo suas belas asinhas' pra cima do nosso querido Jorge Lemos. Tudo muito bom, tudo muito justo e compreensível.

Entretanto, aproveitando um comentário da Lú no ‘Sombras & Fragmentos’, resolvi, carinhosamente, render justíssima homenagem a alguém que tem a importância e o brilho estelar tão fulgurante quanto, publicando, agora, um texto só dela.

Estou falando de Estephania Lemos: Esposa e grande companheira, a imprescindível testemunha-de-vida, de tantos anos e de todos os momentos, que lhe proporcionou vários frutos maravilhosos - na vida e na carreira desse homem-artista.

O texto é o Post Fácio (mencionado pela Lú), publicado no livro do Jorge chamado “Meu Amargo Rio Doce”. Não preciso dizer mais...

Meu Amargo Rio Doce – Post Fácio
por Estephania Lemos

Este livro nasceu naquela viagem do questionamento:

“O que andamos fazendo que não viemos salvar o seu rio amigo?”

Testemunhei: um velho homem morreu ali, no alto da ponte, para dar lugar a um novo.

E, em meio a muitas lutas, ocorreu sempre uma pequena vitória no dia-a-dia do autor: Uma vida defendida e salva, fosse ela animal ou vegetal.

Jorge, companheiro amigo, foi o fundador e presidiu o IPAL 2001 – Instituto de Pesquisa Ambiental Louveira 2001, tendo sido o principal subscritor dos pedidos de embargo das obras do Parque Temático Great Adventure (hoje Hopi Hari) e Wet’n Wild, em Vinhedo e Itupeva – SP, obtendo, por determinação judicial, a obrigatoriedade de execução de todos os estudos de impacto ambiental (EIA) das obras na região. Uma vitória ímpar para a defesa da vida.

Lutamos juntos e fomos perseguidos, ameaçados, mas, resistimos a todas as pressões com muita coragem e respeito. Muitos outros empreendimentos de igual ou maior porte foram também por nós embargados.

A iniciativa dele foi seguida por muitos outros e contou sempre com o apoio do Ministério Público de São Paulo. Muito devemos ao Promotor Público Roberto Proença, filho do Nelson Proença e Ivone (médicos), companheiros e amigos de longa data.

Jorge foi sempre um batalhador. Em defesa da vida e da moralidade pública, nunca abriu mão. Sementes plantadas pelo exemplo do seu irmão mais velho, JB Lemos.

Na década de 70, o autor foi um dos principais membros, fundador e Secretário do Colégio Brasileiro de Segurança de Trânsito – Cobra-Setran, órgão pioneiro no país na luta em defesa da vida e aumento da segurança em estradas brasileiras.

Foi ainda o principal criador e um dos organizadores do I Congresso Brasileiro do Macro-Estudo de Segurança do Trânsito, reunindo no Anhembi-SP mais de 2.000 estudiosos e técnicos ao lado do incansável batalhador em defesa da vida, o eng. Lauro Laércio Biagini Hansted. Ambos realizaram feitos que enobrecem sempre os grandes feitos para a elevação dos seres.

Este é o meu testemunho:

Nestes últimos 45 anos, tenho acompanhado e participado do esforço e da luta do Jorge para mudar, para melhor, a face da Terra!

Orgulho-me de ser sua companheira. Nossas dificuldades não foram em vão.

Isto nos une mais.

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

6 Comentários:

Blogger Aline disse...

Amei Walmir, lembrar-se sempre desta mulher. Guerreira por opção, não deixa a ninguém faltar nada. Nem aos filhos, nem ao marido, nem aos amigos,nem aos animais..
Sou supeitada em falar. Orgulho-me muito em ter os pais que tenho, em ter a mãe que tenho, que é exemplo de mãe, esposa, amiga, irmã. Te amo mãe.
Obrigada Walmir, sempre.
Beijokass enormess no seu coração

19 de maio de 2007 18:32  
Anonymous Anônimo disse...

Walmir Amigo

Falar desta mulher é covardia. Só você! Ela, exemplo de dignidade e respeito. Apoio 48 horas por dia.Desdobra-se com ser humano que enche de orgulho a quem a conhece. Doa-se aos filhos, a mim, aos animais, aos amigos que são muitos. Companheira leal e organizada. Conselheira exigente, desafiadora, cozinheira de mão cheia, artista generosa com seus trabalhos em madeira. MULHER!
cONHEÇO O MUNDO E UM POUCO DO SENTIMENTO ALHEIO. cONFESSO: NÃO ENCONTREI SER ALGUM MAIS SOLIDÁRIO QUE ESTA MULHER.
Sua homenagem Walmir serve de prêmio para todas as mulheres, cujas vidas serão completas se possuirem um pouco, pouco mesmo, do que possui minha Estephania.

Beijão do Jorge

19 de maio de 2007 19:19  
Blogger Amanda Arthur disse...

Belíssima homenagem. Lembrei-me do dito "por trás de um grande homem, sempre uma grande mulher". No caso, melhor dizendo e numa versão que me parece mais correta: ao lado de um grande homem, sempre uma grande mulher. E vice-versa.

19 de maio de 2007 20:10  
Blogger Anne M. Moor disse...

Que linda homenagem! Parabéns Estephania... Prazer...
E obrigada Walmir...

19 de maio de 2007 21:56  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Esqueceram de dizer que ela cozinha pra cacete... E que eu sou um filho adotivo interesseiro...

20 de maio de 2007 00:19  
Blogger Walmir Lima disse...

É, meu irmãozinho Ernesto! Todos nós somos filhos adotivos interesseiros desse casal querido, quando se trata de querer sorver todos os bons fluidos que emanam desse par de iluminadas e divinas criaturas, que são Estephania e Jorge.

20 de maio de 2007 00:25  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

6 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL