(Mário Quintana)

Google Custom Search



domingo, 22 de abril de 2007

As Estações do Poeta

© Walmir Lima
As Estações do Poeta
Ao semear canções,
colhi amores.
Plantando versos,
nasceu saudade.
Ao regar lembranças,
brotaram flôres e frutos
de perfumes e sabores vários.
Para o poeta,
qualquer estação do ano
é sempre primavera.
(by Jorge Lemos)

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

7 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Woww... que bom Walmir... que poema linnnnnnnnnnnndo!!! Retrata um pouco o que estamos vivendo por aqui...

22 de abril de 2007 02:58  
Blogger Walmir Lima disse...

Anne: Sem dúvida. Nossa blogosfera tem sido reveladora de talentos. Comprova, também, que praticar poesia é semear amor e encantamento em todas as estações.

22 de abril de 2007 07:40  
Blogger Walmir Lima disse...

Recadinho para Mariana: Querida sobrinha, atendi o pedido. Postei no 'Enigma do Destino' a foto do Perfil, na versão original em que aparece o Antonio no meu colo e troquei a foto do 'Bloguei - Porque Bloguei?'.
Beijo do tio que te ama.

22 de abril de 2007 07:41  
Blogger Anne M. Moor disse...

E o talento maior tem sido o da cumplicidade e da amizade.

22 de abril de 2007 09:47  
Blogger Amanda Arthur disse...

Acho que, no momento, estou mais para o renascer do outono...

22 de abril de 2007 10:19  
Blogger Udi disse...

Bom saber que podemos florescer em qualquer estação do ano, né?

Adorei te encontrar no post sobre o Ronnie Von. Aquilo é que é um florescer de uma semeadura perene!

... e a foto do avô coruja ficou ótima!

22 de abril de 2007 19:41  
Blogger Walmir Lima disse...

Amanda: Renascer através da sementinha que carregas dentro de ti.

Udi: Procurar florescer e viver com alegria é o melhor agradecimento que podemos levar ao Criador, pela dádiva da vida que nos concedeu.

24 de abril de 2007 02:41  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

7 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL