(Mário Quintana)

Google Custom Search



sábado, 21 de julho de 2007

Lucas Ninno - Carta Aberta

© Walmir Lima
Lucas:

Lá no Assertiva, na postagem chamada Lucas, o Ernesto falou em 'Adolescente Revoltado'.

Esse tema nos apaixona a todos, os bem mais velhos, e sempre que encontramos um deles, mas com inteligência e potencial, como é o seu caso, Lucas, logo nos identificamos com ele. Foi o meu caso também. Já te disse antes.

Acho muito bonita essa história de adolescente com certa cultura, com opinião própria e uma certa consciência cívica e política, como é o seu caso, e não um desses 'amebas' que se ligam nessas 'tribos' de idiotas sem opinião, sem um mínimo de cultura, cujos grandes links entre eles são as drogas e a aparência agressiva, como vemos por aí.

Só uma coisa eu quero dizer - não mais um conselho, pois sei que, se tem uma coisa que adolescente detesta é conselho:

Falo por mim, que já fui um adolescente contestador, que viveu essa fase em pleno regime de ditadura militar e sei o que sofri, e fui rude com minha mãe naqueles momentos em que eu mais precisava dos seus sábios conselhos. É uma tendência natural dos jovens: ser rude com quem mais os quer bem.

Hoje, minha mãe está velhinha e sua vida está se apagando como uma vela diante dos meus olhos e não mais posso fazê-la entender o quanto me arrependo das coisas duras que disse a ela nos meus momentos de 'adolescente revoltado' (na verdade, um imbecil!).

Lucas, graças a Deus, você tem sua mãe sempre ao seu lado, se desdobrando para criá-lo e educá-lo. Continue amando-a, mas não se esqueça de demonstrar-lhe, com muito carinho e, principalmente, muito respeito, enquanto ela é jovem e vai poder ver, ouvir e sentir esse grande amor.

Um beijo, de coração.
Walmir

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

10 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Walmir: Adolescente rebelde... Adulto sensível, consciente e amigo... Não te açoites tanto, a tua mãe, se precisou perdoar alguma coisa em ti, já o fez lá quando eras adolescente... Te ama como toda mãe e pai amam seus filhos - incondicionalmente. E mesmo que ela hoje esteja tão doente que até possa não te reconhecer, lá no fundinho do coração dela ela SABE o quanto a amas. Rest assured... Tu és hoje este homem querido, sensível, adulto, inteligente, amigo por que ela te ajudou a te construir com amor, silêncios e presença...
Beijão

21 de julho de 2007 09:32  
Blogger  disse...

Vi mesmo aquele foto sua pulando da ponte que a Angela postou lá no Prozac. Deve ter dado um trabalho!!!Não sei com ficou assim tão sensato. Só por Deus mesmo...
Beijo pra vc, super beijo pra sua mãe.

21 de julho de 2007 12:45  
Anonymous zuleica-poesias disse...

Foi muito bom ler as palavras de um filho já maduro. Senti como se fossem meus filhos falando comigo,-abraços.-zuleica

21 de julho de 2007 16:06  
Blogger Aline disse...

Walmir,
Lembre-se perdão é uma doce palavra que deve sempre começar por nós mesmos. Todos fomos adolescentes, falamos besteira e nossos sábios pais sabem disto.
Sua mãe, que é sabia por natureza e divina por dar a "luz", sabe que vc foi um adolescente normal. Como, tantos outros. amor de mãe é, como disse Anne, incodicional.
Lembre-se de seus filhos, que muitas vezes falaram muitas coisas que não eram boas ao seu aparelho auditivo e vc embora sendo pai ( não deu a luz, me entende?) perdoou, o que dira , mãe?
Fique tranquilo e curta esta vela que ainda dá luz. Fique com a paz de Deus em seu coração e lembre-se, nós, teus amigos estamos sempre aqui pra te dar força e orações.

Beijokass no seu lindo coração

21 de julho de 2007 22:16  
Blogger Walmir Lima disse...

Meus grandes amigos: Grato pelas palavras de apoio, que muito me sensibilizam. Espero que o Lucas também entenda minha intenção e se sensibilize com o conteudo que vem do fundo do meu coração.

21 de julho de 2007 22:38  
Blogger Walmir Lima disse...

Sei que foram raras as vezes em que fui um pouco mais ríspido com minha mãe. Coisas de adolescente mesmo, mas, hoje, eu gostaria que nunca tivesse sido.

21 de julho de 2007 22:48  
Blogger Lucas Ninno disse...

Oi Walmir!

É verdade! As vezes a gente extrapola com nossos pais! Mas normalmente é coisa de momento...e se falamos algo que ofendeu alguém...foi da boca pra fora...

temos que aproveitar sempre a nossa familia...msm que ela seja tão pequena como a minha!

Força..

Abraço!

22 de julho de 2007 17:50  
Blogger Aline disse...

AQUIII, ÔOOOOO.
Trate de se cuidar, entendeu?
Espero em breve te ver bem legal, viuuuu?
beijokass enormess em seu coração

22 de julho de 2007 19:17  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Já fui um adolescente contestador ... agora sou só adolescente.

24 de julho de 2007 00:08  
Blogger Walmir Lima disse...

É importante seguir adolescendo sempre!

24 de julho de 2007 13:11  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

10 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL