(Mário Quintana)

Google Custom Search



segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Redescoberta

© Walmir Lima

A reflexão sobre o que a vida me tem presenteado e o que estou sentindo fez lembrar a leitura de Charles Baxter e me trouxe um pequeno escrito seu que me parece se encaixar perfeitamente.


Há uma história sobre os deuses gregos.
Eles estiveram entediados, então, inventaram o ser humano.
Mas continuaram entediados, então, inventaram o amor.
Assim, não se entediaram mais.
Aí, decidiram experimentar o amor, eles mesmos.
E, finalmente, então, inventaram o riso
para que conseguissem dar-lhe o significado
.

Meus olhos estiveram fechados por muito tempo.

Me entendia como alguém que deu muito amor, mas nunca foi correspondido da forma que merecia.

Sentia dor no coração e não compreendia, não aceitava.

Então, agora, quando abri os olhos, tive a certeza de que, ao contrário do que alguns pensam, o amor não é apenas um truque da natureza para fazermos mais bebês.

O amor é tudo.

O amor é o único sentido que existe para esse sonho louco.

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

13 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

O amor é um sentimento difícil de explicar, mas me parece que tem muito mais a ver com querer a felicidade do outro do que querer um amor A, B, ou C do outro...

E misturando posts :-)... 'amor' pode rimar com 'rancor', mas acho que 'mágoa' é uma palavra ou sentimento que pode ser provocada pela falta de amor ou por N coisas em uma relação. Como a Lú sempre diz, quando amamos alguém do fundo do coração, mesmo sentindo mágoa, o amor que sentimos permanece pra sempre. Pode ser num patamar diferente...

Amar alguém é divino...

Beijos

25 de agosto de 2008 11:51  
Blogger ana disse...

Walmir,
No debes de arrepentirte nunca de dar amor (aunque hayas dado mucho), porque el amor que se ha dado es parte del que recibiremos, has de estar seguro. Y yo creo que te mereces mucho. Aquí va un poquito del mío gauche.
Un beso,
ana

25 de agosto de 2008 12:08  
Blogger A.Tapadinhas disse...

No que respeita a sentimentos nobres, cada um de nós deve acreditar, que tudo o que dermos, receberemos a dobrar. Devedores e credores poderão ter a certeza que as contas ficarão saldadas...
O amor é tudo. Sem sonhos loucos...
Abraço.
António

25 de agosto de 2008 13:44  
Anonymous Anônimo disse...

Querido Walmir,

Lindo...lindo...
Que esse riso seja constante em sua face e em seus lindos olhos!
Um grande BEIJO.
Maria Helena.

25 de agosto de 2008 17:25  
Blogger Ti disse...

Walmir,

Sempre acredito que qualquer ato realizado com amor, retorna...

Pode não ser no mesmo momento, nem mesmo com a mesma pessoa... Mas o mundo conspira a favor e, se permitirmos, teremos a recompensa!!!

Bom retorno!!

Beijos

25 de agosto de 2008 23:20  
Blogger Jorge Lemos disse...

Creio no amor liberto
como canto das aves...
Creio no amor cativo
preso por elo
da corrente do respeito...
Creio no amor ativo
que encurta distâncias...
creio no amor passivo
do aguardar sonhando...
No amor,
eu creio!

26 de agosto de 2008 08:22  
Blogger Érica disse...

hummmmmmmmm, vejo coraçõezinhos no ar...

27 de agosto de 2008 08:30  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Meu caro, só podemos ter a certeza do nosso amor. Amar é infinitamente mais importante do que ser amado. Claro que é muito melhor quando somos correspondidos.
Mas o amor não é tudo. Faço um macarrão com tahine e salmão que é eterno enquanto dura !
Ah ... e tem a amizade também ... Bem menos complicada e igualmente gratificante.

30 de agosto de 2008 01:30  
Blogger Raquel Neves de Mello disse...

Não estou em condições físicas ou metafísicas para falar sobre o amor, mas fico feliz em ver novamente tantas postagens suas. Beijos amorosos.

30 de agosto de 2008 23:15  
Blogger Amanda Arthur disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

2 de setembro de 2008 23:35  
Blogger Amanda Arthur disse...

Walmir, querido!
Com as palavras do Frejat:
"Desejo, que você tenha quem amar. E quando estiver bem cansado, ainda exista amor pra recomeçar."
Beijo grande,
Amanda

2 de setembro de 2008 23:37  
Blogger Angela disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

3 de setembro de 2008 21:39  
Blogger Suzana disse...

O F.F., pra variar, lembrou muito bem.
Ha o amor de amigos. Estes, nao podemos esquecer,ou melhor, creio que estes, nao esquecemos nunca.Pois os amigos sempre ficam...
bjs

4 de setembro de 2008 22:46  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

13 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL