(Mário Quintana)

Google Custom Search



domingo, 10 de fevereiro de 2008

Levantar e Seguir...

© Walmir Lima

Levantar e Seguir...

Logo depois que voltei de Cuiabá, recebi a notícia de que, aqui,
mais uma vez, deixara de conseguir algo que tanto desejei, pelo
qual lutara tanto e que era muito importante para meu futuro...
para o encontro da minha paz.
Pois é justo nessas horas que respiro fundo e me lembro de duas frases, sendo uma de Clarice Lispector, que sempre me aconpanham e me impulsionam...

Um homem nada aprende ganhando.
O momento da perda, no entanto, pode lhe dar muita sabedoria.
E não só aquela de saborear ainda mais suas vitórias.
As derrotas são inevitáveis em vários momentos de nossa vida.
O importante é que elas não se tornem um hábito.


"Chego a chorar manso de tristeza.
Depois, levanto e, de novo, recomeço"
Clarice Lispector

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

21 Comentários:

Blogger  disse...

Isso mesmo.
Deus provê e providencia.
Mas nós também podemos e devemos prover e providenciar.
Um beijo.

10 de fevereiro de 2008 08:26  
Blogger Jorge Lemos disse...

"Não cairá um só fio de cabelo...",
Dobre a esquina e algo novo surgirá.
Lembro-me: 15 dias após meu casamento perdi meu emeprego na TV Paulista. Reclamei dos meus salários atrasados. Isto ocorreu as 10 da manhã. Cabeça baixa cirigi-me ao prédio dos "Diários Associados" na rua Sete de Abril.
Viro um esquina e dou de cara com o Walter Flavius Arruda que estava a minha procura para oferecer-me emprego numa famosa Agência de Publicidade com o triplo do salário que ´ganhava.
Na perda a recompensa. Coisas que sòmente Ele nos reserva.

Nada como dia após o outro.

10 de fevereiro de 2008 09:55  
Blogger Anne M. Moor disse...

Embora possamos não querer aceitar, as coisas acontecem quando têm de acontecer... Estamos aqui - teus amigos - pra ajudar no que quer que seja. E lembra:
"The thing that goes the furthest
toward making life worthwhile,
That costs the least and does the most is just a pleasing smile;
the smile that bubbles from the heart, that loves its fellow-men;
will drive away the clouds and gloom, and coax the sun again."
Um abraço apertado

10 de fevereiro de 2008 10:31  
Anonymous Anônimo disse...

Querido walmir,

A conquista da sabedoria pela perda de algo almejável...é uma conquista extremamente verdadeira e que só quem sente sabe dizer.
"Ele" sabe o que faz.
Lindo e profundo o que você escreveu.Sinta-se abraçado.Fica feliz amigo.
O sol nasce todos os dias e voltará a brilhar... e... muito ainda!
Beijão.
Maria Helena.

10 de fevereiro de 2008 10:39  
Blogger Angela disse...

II Corintios, 4:17,18 - Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação.

Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem; porque as coisas que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.

Com carinho.

10 de fevereiro de 2008 11:48  
Blogger  disse...

Paulo Vanzolini já sabia...
Músicos e poetas...
Sabem tudo!



PS: Tornar mais leve a casa(hj) e a ocasião...
Bjo Walmir.

10 de fevereiro de 2008 14:10  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Não sei qual batalha você perdeu, mas é óbvio que está ganhando a guerra ...

10 de fevereiro de 2008 20:01  
Blogger Hector disse...

ei, pai!

quando li o post lembrei dum trecho desta letra de música, achei que tinha a ver:

What happens when you lose every-thing,
you just start again,
you start all over again

http://www.anysonglyrics.com/lyrics/m/Maximo-Park/Apply-Some-Pressure-Lyrics.htm

ouve:
http://br.youtube.com/watch?v=7tAKUIqGhI4

abração

10 de fevereiro de 2008 20:09  
Blogger Walmir Lima disse...

É isso..
Essa força que me faz levantar vem de atitudes como as de vocês, amigos, e de você, filho querido.
Todos encontrando algo efetivo que me injeta essa força tão grande.
Isso me faz lembrar uma frase interessante:
"Quando vires um amigo em apuros,
não o chateie perguntando o que
poderia fazer por ele.
Pense em algo efetivo e apropriado e faça".
Um beijão a todos.

11 de fevereiro de 2008 00:20  
Blogger Walmir Lima disse...

Cada um me transmitiu seu amor e, com uma atitude mental positiva, me acrescentou alguma coisa importante.

11 de fevereiro de 2008 00:22  
Blogger Walmir Lima disse...

Lindo, Hector, simplesmente lindo!
Obrigado e um beijo, filho.
Te amo.

11 de fevereiro de 2008 00:24  
Blogger ANA disse...

"Tengo miedo de escribir, es tan peligroso. Quien lo ha intentado, lo sabe. Peligro de revolver en lo oculto - y el mundo no va a la deriva, está oculto en sus raíces sumergidas en las profundidades del mar. Para escribir tengo que colocarme en el vacío."
Clarice Lispector.

- Tu has estado estos días en un gran espacio, abierto a los abismos y al vacío,
colocado y en contacto con tus raices sumergidas,
las has tenido cerca, las has podido tocar con tus manos.

"Nací para amar a los demás, nací para escribir y para criar a mis hijos. Amar a los demás es tan vasto que incluye incluso perdón para mí misma, con lo que sobra. Amar a los demás es la única salvación individual que conozco: nadie estará perdido si da amor y a veces recibe amor a cambio"
C.L.

Walmir, tu das mucho amor a tus amigos y a tu familia, eso se nota incluso desde aquí, tan lejos como me encuentro.
Un abrazo grande,
ana.

11 de fevereiro de 2008 07:32  
Blogger Udi disse...

Vai superar mais essa, com certeza!
beijos e solidariedade

11 de fevereiro de 2008 09:45  
Blogger zuleica-poesia disse...

Desculpe-me. Meu comentário a esta postagem ficou na anterior. Suas perdas (que não sei quais são) deram um soco no meu estômago. Lido mal com perdas. Mas tenho certeza de que você vai se recuperar.-abraços

11 de fevereiro de 2008 10:47  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Mis uma vez no teu blog faço minhas as palavras do Flavio.
Você não perdeu nada. E deixou de ganhar? Difícil dizer quando não se sabe o que estás para ganhar.

12 de fevereiro de 2008 11:03  
Blogger Maria disse...

Meu amigo!
Quem foi? Me diz que vou lá!
E mesmo que não tenha um alguem nesta história já estou indignada. Mas, mesmo assim, por certo não perdestes, ganhastes, mil abraços...E uma tropa de gente te dizendo o quanto te queremos bem.
Será que vale a tristeza? Não creio.
Beijos,
Graça

14 de fevereiro de 2008 00:13  
Blogger Aline disse...

" o que a lagarta chama de fim do mundo o mestre chama de borboleta."
Força, pois sei que tem.
Fé, pois dei que tem.
energia, tens de sobra.
Esperança, ainda, mesmo que presa na caixa de pandora, ela sempre estará presente.
a prosperidade virá, tenho certeza.
Beijokas enormes no seu coração

14 de fevereiro de 2008 21:45  
Blogger Walmir Lima disse...

Amigos! Gente boa!
Vocês me fazem esquecer qualquer adversidade, inclusive essa de injustiça profissional, que me causa revolta.
Mas, um beijão para todos e...
Bola pra frente!!!

15 de fevereiro de 2008 02:32  
Blogger Lucas Ninno disse...

"Porque também somos aquilo que perdemos"

16 de fevereiro de 2008 02:08  
Anonymous Anônimo disse...

Walmir

Por favor, me esreva. Não achei seu email aqui.

sul.asp@hotmail.com

Tks a lot

25 de julho de 2008 21:10  
Blogger Walmir Lima disse...

Meu endereço de e-mail está no Perfil. O link é meu nome, abaixo da foto.

26 de julho de 2008 23:26  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

21 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL