(Mário Quintana)

Google Custom Search



sábado, 13 de setembro de 2008

O Que Chamamos de Espírito

© Walmir Lima


'Les Yeux Clos'

Houve um tempo em que eu
Não enxergava.

Houve um tempo em que eu simplesmente
Não queria ver.

Houve um tempo em que fiquei
Míope dos meus olhos materiais.

E passei a enxergar muito mais
Com os olhos da alma e do coração.

Sei que, desse momento, aprendi a ver,
Aprendi a 'ler' meus sentimentos.

E sei que 'li'...

O que chamamos de espírito,
Me parece muito mais material
Do que o que chamamos de matéria.

Sinto minha alma mais manifesta
E mais sensível do que o meu corpo.





(Imagem: "Les Yeux Clos", óleo de Redon Odilon)

Marcadores: ,


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

11 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Bonito poema que nos faz pensar... Minha avó sempre dizia: olhem com olhos de enxergar... tãooooooooo difícil, as vezes... nenão
Abração

13 de setembro de 2008 13:08  
Blogger Suzana disse...

Walmir amigo...
"Sinto minha alma mais manifesta
E mais sensível do que o meu corpo."

Este seu olhar tem outro nome:

coraçao aberto e mente idem

bjs

13 de setembro de 2008 16:00  
Blogger Amanda Arthur disse...

Enxergar com os olhos d'alma dá nisso. Poema sincero, pensamento que emociona.
Lindo!
Beijo e bom fim de semana,
Amanda

13 de setembro de 2008 16:50  
Blogger zuleica-poesia disse...

Linda poesia! Também gosto quando um milagre me faz "ver" com os olhos da alma. Temos cada vez mais um pouco do Walmir. Abraço.

15 de setembro de 2008 10:07  
Blogger Jorge Lemos disse...

Mesmo que cerre seus olhos
o coração enxergra melhor
as coisas do amor.

15 de setembro de 2008 11:31  
Blogger A.Tapadinhas disse...

Quem vê assim
Com os olhos da alma
E também do coração
Descobriu a fonte de luz
Que ilumina a vida
Eterna.

Abraço.
António

16 de setembro de 2008 11:40  
Blogger Maria Alice Estrella disse...

QUE BELEZAAAAA de POEMA!!!!!!
Arrepia a alma!

16 de setembro de 2008 23:21  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Enxergar com os olhos, entender com a razão, compreender com o coração.

22 de setembro de 2008 01:55  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Esse menino tá aprendendo a ver...
Jéraora.

22 de setembro de 2008 02:01  
Blogger Anne M. Moor disse...

Eu acho que Ernesto e Flávio estavam em Ilha Bela juntos - "agradável companhia"... Do nada reapareceram juntinhossssssssssssss :P

22 de setembro de 2008 05:48  
Anonymous Maria Helena Trevisan disse...

Querido Walmir,

A introspecção nos enriquece de ótima leitura. Aproveite e se delicie destes livros!

Beijokas profundas!

23 de setembro de 2008 01:59  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

11 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL