(Mário Quintana)

Google Custom Search



sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Viver é Nascer a Cada Instante

© Walmir Lima
"Viver é nascer a cada instante"
(Erich Fromm)


Segui os conselhos de Chaplin.


Parei de ficar revivendo o passado

E de me preocupar com o futuro.


É no presente que a vida acontece.

A sorte da vida é viver com amor.

Assim viver é muito melhor do que sonhar.


Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

28 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

É Walmir

Viver é ...

Viver é tão bom
viver é tão complicado
feito de magias
feito de mágoas
colhe-se experiência
colhe-se surpresas
vemo-nos plantadores
vemo-nos colhedores
Enfim...
viver é descobrir caminhos
viver é amar...

E vamos vivendo que sem vida a vida não tem graça... :-)

Beijão meu amigo!

19 de setembro de 2009 09:29  
Blogger Walmir Lima disse...

Anne, minha amiga,

E "viver é nascer a cada instante".
Não existe o ocaso, só as novas formas do viver.
Mesmo o ocaso do Sol é o prenúncio do novo dia que vai nascendo do outro do mundo, do outro lado da vida.
E o Amor é o Sol que me faz renascer a cada instante, a cada dia.

Bjo, e obrigado por sua fidelidade ao 'O Centauro'

19 de setembro de 2009 20:30  
Blogger Ava disse...

Walmir, cloro que notei a doce Alice ao lado do vovô...rs

Lindo demias...


Sobre viver... A gente vive apredendo... e a cada instante, a cada momento, nos é dada a chance de recomeçar... de viver... de mudar...

O hoje, o agora, esse exato momento em que estou a te escrever... Esse é o meu momento... o importante... Que eu consiga traduzir aqui o que sinto...


Ontem ja foi... amanha... será?


Beijos mil!

19 de setembro de 2009 23:48  
Blogger Ava disse...

Epa! rs

Claro que fui ver a foto direitinho... Curiosidade feminina...rsrs

E pelo que vejo, não se trata de Alice... Será outro netinho?



Beijos!

19 de setembro de 2009 23:51  
Blogger Walmir Lima disse...

Você notou bem Ava.
Nesta foto estou com meu primeiro netinho, Antonio.
Viva a cada instante.

21 de setembro de 2009 06:58  
Blogger Aline Desiré Marie Lemos disse...

Walmir, viver, palavra mágica, que está conosco a cada segundo...Seremos tolos em não aproveitar, afinal, tudo passa muito rápido. Seu poema me lembou do "se eu pudesse viver novamente"... Vamos viver asim, sem mágoas, sem dores, sem carregar a terrível bagagem do passado(dele devemos tirar só o aprendizado).
Anne querida, viver não é complicado, nós é que complicamos...
Beijokas enormes no coração de todos.
Saudades
Aline Lemos ou Somelaline

22 de setembro de 2009 10:23  
Blogger Walmir Lima disse...

Aline,
A magia do viver é uma descoberta permanente, que faço ultimamente de maneira mais madura e alegre a cada dia.

Gostei do Somelaline, mas não seria Somelenila?

22 de setembro de 2009 16:47  
Blogger Walmir Lima disse...

Peguei o "se eu pudesse viver novamente" de minha própria vida e estou aproveitando o tempo que me resta para tirar o "se" do caminho.

22 de setembro de 2009 16:52  
Anonymous Anônimo disse...

Adorei a ideia, vou adotar.
bjokas no coração
Somelenila

22 de setembro de 2009 19:46  
Blogger Flavio Ferrari disse...

Já tava na hora de aprender ...

22 de setembro de 2009 22:41  
Blogger Walmir Lima disse...

Flávio,

"Nunca é tarde para aprender", como dizia meu avô, Francisco, que foi um belo exemplo de quem sabia e gostava de aprender.
E assim foi, lúcido e ativo, até o último segundo dos seus 94 anos de idade.

Um abração

23 de setembro de 2009 07:07  
Anonymous Glaura disse...

Já que viver é nascer a cada instante, que bom que temos nossa nova infancia, pois dela faremos o melhor possível!
Bejos

23 de setembro de 2009 07:13  
Blogger Aline Desiré Marie Lemos disse...

Tradução do texto ai em cima:
Kaohsiung Museum of Art está localizado numa zona calma, perto do motel, jardins apenas luz solar motéis Kaohsiung, a elegância intemporal do gesto,静静地等候você. Seria complicado para bloquear o barulho da cidade, utilizando-se o neo-conceito design clássico do motel jardim solar, mais integrados no elegante simplicidade do estilo europeu. Delicate serviço íntimo, coleções sabor contido, está cheio de atordoamento e surpresas. Solar Jardim Kaohsiung MOTEL profunda - se não um caloroso abraço e beijo já não dá o pulsar do coração, se começará a duvidar de que o amor não é desaparecido. Na verdade, o amor sempre esteve lá, só trabalho ocupado, a torcida, falando alto programas de TV, Liaoluan brilho das luzes da cidade, de modo a perder o amor de espaço e nutrientes podem viver tranquilamente nos cantos da alma.

Escondido no Kaohsiung Museum District, o mais descontraído jardins solar tranquilo MOTEL, a escola secundária urbana pertence a um jardim secreto de amor, cortado do aglomerado, retardar o planeamento ocupado gosto, contido espacial, já não permitem muito lindo sem sentido mortos do outro a atenção, simples, tornar-nos mais gosto do sabor do amor. Motel em Kaohsiung em - Sunlight Gardens Motel, então você tem um romântico, aconchegante, confortável e em casa para apreciar o alto nível.

24 de setembro de 2009 09:13  
Blogger Walmir Lima disse...

Aline,

Desculpe, tive que apagar o comentário do 'anônimo', cujo texto você traduziu, porque o dele continha links que nos trariam vírus aos nossos computadores.

28 de setembro de 2009 08:23  
Blogger Walmir Lima disse...

Glaura, minha querida

E nossa nova infância é o verdadeiro 'espetáculo da vida', quando vivemos e curtimos juntos

28 de setembro de 2009 13:09  
Blogger Amanda Arthur disse...

E renascer cada vez mais maduro e pleno. O que melhor que curtir cada infância dando mais valor a ela?
Besitos carinhosos,
Amanda

4 de outubro de 2009 08:57  
Blogger Raquel disse...

Misturando Gonzaguinha e Joice:

Viver
E não ter a vergonha de ser feliz!
E só fazer muito amor,
Que amor não faz mal.

Beijos vivos e felizes

7 de outubro de 2009 08:31  
Anonymous Jorge Lemos disse...

Walmir

Por mais velha que me ponha
não vejo agua retornar a cebeceira,
especialmente quando cachoeira há,
formam-se nuvens as aguas então passadas,
aprimora-se a natureza em resguardar o puro,
instante magico onde o amor se faz.
arem as maquinas, quero escrever meu tempo; lamentar o que? O que passou?
O aluto almoço que ontem foi servido
hoje não passa apenas de residuos
que nem lembrança, as vezes,já nos traz
Viva: viver a vida da certeza agora,
mesmo sabendo que o tempo, outrora,
nos deu a experiência de erros mais eu cometer.
Vida é prazer, é materializar sonhos; é viver o tempo presente para fortalecer o futuro.

Do velho.

Veja, vou mudar, a partir de agora:
mudarei meu nome como fez Ricardo, adotando o nome de Pablo Neruda.
Estarei em meus futuros texto com o cognome de Yurgue Sömel ( em Lituano Yurgue é Jorge e Sömel é Lemos invertido.
Abração

12 de outubro de 2009 11:05  
Anonymous Yurgue Sômel disse...

Os erros de datilografia vão por conta da cabeça correr mais que os dedos
Yurgue Somel

12 de outubro de 2009 11:09  
Anonymous Yurgue Sömel disse...

Revisão de Texto

Onde estiver velha leia-se velho ( velha é a água)
Arem (trabalhar a terra) leia Parem
as máquinas
O luto é a pela morte da juventude que se foi: a LAUTO eé o fasto prato que nos fois serviço ontem.
No mais lá se vão as ideias e seus dispares erros que complicam a interpretação do texto
Yurgue

12 de outubro de 2009 11:19  
Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Mudei de nome. Mudei.

13 de outubro de 2009 23:40  
Blogger CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Bem que o Sócrates dizia que retórica sozinha não servia prá muita coisa; que precisava vir acompanhada de uma boa dose de "capacidade de espanto".
'Vâmu nessa', vivendo e se espantando sempre...
BJS!

21 de outubro de 2009 10:08  
Blogger Maria disse...

O verdadeiro e o real está no aqui e agora, onde tudo acontece e se potencializa. Voltar aqui é sempre bom!

4 de novembro de 2009 18:24  
Blogger Anne M. Moor disse...

Walmir!
Abandonaste teu blog? Nos esqueceste? :-) Espero que estejas bem de saúde e espírito!

Beijão e um bom dia!
Anne

18 de novembro de 2009 09:19  
Blogger Ava disse...

"Enquanto houver um sorriso de simpatia, uma palavra de carinho,
um pequeno gesto de amor, sempre existirá o Natal."

Walmir, tive a felicidade de conhecer voce e mais alguns amigos queridos do Prozac.

Amigos virtuais que de tão real, se tornaram especiais...

Natal é compartilhar amor, paz, alegria...

É o que desejo a voce e seus familiares...

Obrigada por sua amizade em 2009 e que 2010 seja a continuações dos sonhos aqui sonhados...


Beijos!

23 de dezembro de 2009 16:40  
Blogger Raquel Neves de Mello disse...

Oi Walmir,
Por que esta tão sumido?
Dá uma passada no Prozacafe e leia o post da Udi sobre sonhos (Dreamcatcher). Faz um contraponto a sua postagem. Quam sabe assim voce se anima e nos brinda com seus doces comentarios.
Beijos saudosos

19 de fevereiro de 2010 08:49  
Blogger Maria disse...

Oi Walmir....Você está ai?

1 de maio de 2010 09:12  
Blogger Walmir Lima disse...

Olá, Maria

Que bom receber você de novo.

Estou aqui, sim, apesar do "pequeno" susto dos últimos meses/semanas.

A vida continua (ainda bem!).

Um beijo e obrigadão pela visita.

Saudades,

Walmir

9 de maio de 2010 04:57  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

28 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL