(Mário Quintana)

Google Custom Search



segunda-feira, 14 de abril de 2008

Encalhado!

© Walmir Lima
Encalhado!

O pessoal anda me perguntando por que eu ando sumido, sem dormir direito, sem postar, etc.

Expliquei que trabalho com afretamento de navios (Chartering), que é a contratação de navios para o transporte de aço, grãos, fertilizantes, carvão e minério, e que, além das negociações e dos contratos, cuido de toda a logística envolvida no acompanhamento das viagens, de ponta a ponta.

Esse tipo de atividade, que, em condições normais já me deixa ligado sete dias na semana, 24 horas por dia, lidando com vários países e seu fuso horário, às vezes, dependendo de alguns “pequenos” contratempos e da quantidade de empresas envolvidas em decorrência deles, me exige passar até mais de 72 horas trabalhando direto, sem dormir – não importa se é fim-de-semana ou feriado.

Para ilustrar, mostro abaixo exemplos de algumas “coisinhas” que já me tiraram o sono...

"E durma-se com um barulho desses!"


























Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

16 Comentários:

Blogger Ernesto Dias Jr. disse...

Tudo sacanagem do Walmir.

Para o comandante do Heinrich ele mandou o manifesto com o carimbo: "Door to door delivery". E botou o endereço da Móoca.

O cara do Europa (o segundo) foi reprovado seis vezes na prova de baliza. O Walmir garantiu pro cliente que a tripulação era de primeira.

O comandante do Ville (3 e 4) não queria carregar tudo aquilo. Ligou pro Walmir e ele disse que não tinha perigo, que a corda era firme. O grego não sabia o significado da palavra "varal" em português.

O Guantanamo (foto 5) precisava de espaço para uma carga que estava atrasada. Instrução do Walmir ao comandante: "Carrega a meia nau e deixa a minha carga pra popa". Eram oitenta containers de chumbo pra espingarda de pressão. Deu no que deu.

No último o Walmir quis economizar a grana do Canal do Panamá e mandou o cara ir pelo estreito de Beagle mesmo. Em junho.

14 de abril de 2008 01:07  
Blogger Angela disse...

Walmir,
Então me explica aí que diabos é "taxa de capatazia", DAC e AFRMM e Incoterms? Eles podem fazer um navio encalhar?
Me afundei numa prova de Comércio Exterior por causa deles. Sabia nada!

Ernesto,
Você que é um sacana...
Oitenta containers de chumbo pra espingarda de pressão...kkkkkkkk

14 de abril de 2008 02:19  
Blogger ANA disse...

Lo importante es que tu permanezcas a flote a pesar de los temporales y las grandes maréas, que a pesar de tanta carga peligrosa y tanto océano de dificultades, tu barco no pierda el rumbo. Son demasiados "containers" y una carga demasiado valiosa la que llevas en tu cubierta. Aguanta el temporal y mantente a flote, estoy segura que llegarás a puerto como debes, no como estos de ahí arriba.
Un beso, capitan.
ana.

14 de abril de 2008 03:22  
Blogger Anne M. Moor disse...

Ainda bem que tu és amigo dele Ernesto hahahahahahahahaha. Na realidade acho que ele botou as fotos aqui para que a gente se inspire para os próximos poemas...

Com tudo isso 'My Captain' o mar continua lindo né?
Um belo dia pra ti
Beijos

14 de abril de 2008 07:36  
Blogger  disse...

Eu vi mesmo, no final de semana aqui com a gente, o caras ligando sem parar.24 horas no ar, ou no mar.
Essa prova de comércio exterior (Angela), fica pro ano que vem....
Beijos.

PS: Mas, não se pode negar a beleza(força...)das quatro últimas fotos.

14 de abril de 2008 07:47  
Anonymous Zuleica disse...

Walmir!!!! Como, em algum momento e em algum lugar você consegue dormir? Esse é um trabalho impossível! Dá vontade de te emprestar o meu ombro!

14 de abril de 2008 10:37  
Blogger Gui Ferrari disse...

essas fotos são fantásticas!!!

se precisar de piloto eu e meu pai tiramos arrais! hahahaha e nunca dirigimos um barco!!!

14 de abril de 2008 18:49  
Blogger Angela disse...

Fiz o pedido de um livro de poesias de Casimiro de Brito. Chegou hoje.

Uma das primeiras:

COMPANHEIROS
Sigo meu caminho silenciosamente.
Aqui onde estou, onde me construo,
revolvo a terra com minhas raízes cegas e ao vento as devolvo. Lúcidas.

E canto. Que sabeis vós destas águas tumultuosas?
Aprendo a linguagem do sol,
rumor do mar até ao crivo das lágrimas.
Sólidas

Beijos

15 de abril de 2008 00:36  
Blogger Anne M. Moor disse...

Angela! Que poema bem linnnnnnnnnnnnnnnnnnnnndo...

15 de abril de 2008 08:56  
Blogger Suzana disse...

Apesar de, navegar ainda é preciso!

15 de abril de 2008 12:22  
Blogger Walmir Lima disse...

Pessoal,
Rapidinha, porque o tempo está curto:
O problema é que, quando um navio meu encalha, encalha também o 'O Centauro', e quando o mar está com tormenta, minha vida vira uma.
Beijos,
P.S.: Navegar é preciso, mas afundar?... NÃO!

17 de abril de 2008 19:52  
Blogger Jorge Lemos disse...

Sou testemunha ocular.
Ele encalhado e eu mudo: sem linha telefonica.
Coisas da Telefônica,

Venha WalmirAbraços a topdos.

17 de abril de 2008 22:23  
Blogger Anne M. Moor disse...

Passei por aqui pra ver se tinhas desencalhado :-) e sabes, a última foto daria um belo poema...
Beijos

19 de abril de 2008 08:50  
Blogger Flavio Ferrari disse...

No caso do primeiro barco, é só esperar pelo aquecimento global que ele desencalha.
Para os demais casos, ligue para os clientes avise que deu problema.
E vá dormir.

19 de abril de 2008 20:35  
Blogger Maria disse...

Por artes de berloques e berliques também estive afastada do webmundo. Embevecida com meu neto imaginei o tempo parar.
Bom voltar e poder compartilhar conteiners mal empilhados!!
hahaha...
Bjs

19 de abril de 2008 22:24  
Blogger Érica disse...

Walmir, tem uma vaguinha na TAM, tá afim??

21 de abril de 2008 17:04  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

16 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL