(Mário Quintana)

Google Custom Search



terça-feira, 16 de agosto de 2011

Pais e Filhos

© Walmir Lima
Walmir, com um ano

Este último Dia dos Pais me serviu para muitas coisas, principalmente para refletir sobre a vida – a minha vida.

Como não me acontecia há muitos, muitos anos, me vi pensando em meu pai – o pai que nunca conheci. E senti saudades de algo, ou melhor, de alguém que nunca tive.

Pode isso?

Não pode, mas foi assim que senti. Queria voltar no tempo e ter apenas um ano de vida.

Como falei na postagem anterior, aquele texto era muito do que eu gostaria de ter dito para ele.

Mas, no fundo, no fundo, talvez fosse, isto sim, tudo o que eu gostaria de ter ouvido. E não ouvi. Claro está que algo se perdeu no caminho, apesar de todo esforço.

Aliás, esse Dia dos Pais serviu para me mostrar a realidade das coisas, que a gente faz de conta que não é verdade.

Eu queria e esperava ouvir coisas bonitas nesse dia, mas, em realidade, metade dos meus filhos nem sequer telefonou. Com certeza tinha coisa melhor para fazer num Domingo.

Mas valeu. Valeu para me lembrar da seguinte definição a respeito:

“Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.

Isso mesmo!


Ser pai (ou mãe) é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.

Perder como, se não é nosso?

Recordam-se: Foi apenas um empréstimo!!!”



.

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

10 Comentários:

Blogger Anne M. Moor disse...

Walmir

Nós somos o arco e eles as flechas...

Muitos abraços (atrasados) para o dia dos pais. Embora cada filho está ocupado com sua vida, eles continuarão sempre pedaços de nós.

bjs
Anne

28 de agosto de 2011 12:40  
Blogger maria cleia disse...

Walmir..

faz muito tempo que não tenho tempo de vir ao meu blog e aos blogs que sigo para ler ou escrever, hoje entrei correndo e vim dar uma olhada no seu e deparei com essa linda e verdadeira narrativa...entendo muito bem tudo o que foi escrito e sentindo é assim mesmo, os filhos crescem e nós queremos muito continuar a sermos os seus exemplos, mesmo sem saber fazemos escolhas e deixamos de fazer coisas por eles...oramos por eles e quase damos ordens a DEUS por eles..e eles lá em suas vidas, crescendo e tornando-se também exemplos cheios de erros como nós...
você não acha que é pura verdade que aprendemos a sermos filhos quando nos tornamos pais, e pais quando nos tornamos avós?...

A VIDA ESSA MANDALA DE SENTIMENTOS IMCOMPREENSÍVEIS E FANTÁSTICOS!

maravilhoso seu texto...bjs cléia

8 de setembro de 2011 20:39  
Blogger Walmir Lima disse...

Anne,

Obrigado (atrasado). Muitas vezes somos arco, flecha, mas queremos mesmo é ser o alvo (das atenções).

Eles disseram que tentaram me chamar, mas eu não percebi. Acho que foram sinceros, então, vou acreditar.

Bjo

11 de setembro de 2011 18:14  
Blogger Walmir Lima disse...

Maria Cleia,

Grato por sua visita sempre gratificante.

Bjos

11 de setembro de 2011 18:15  
Anonymous Carlos disse...

mi dia mudo despues de leer lo que escribiste para tu padre , cada dia que pasa es mas importante para mi haberte conocido un abrazo walmir y obrigado.

11 de setembro de 2011 18:19  
Blogger Walmir Lima disse...

Carlos,

Tuas visitas tem sido uma recompensa, tanto quanto nossa amizade que tem sido uma dádiva e exemplo de que viver vale muito a pena - prova de que sempre surgirão belas luzes no caminho dos que crêem na beleza e na pureza da amizade.

Um abraço

11 de setembro de 2011 18:28  
Blogger zuleica-poesia disse...

Walmir- Senti saudades de você. Seus filhos talvez sintam menos porque estão sempre ao seu lado. Fique com meu grande abraço e votos de felicidades.-Zuleica

19 de setembro de 2011 11:10  
Blogger A.Tapadinhas disse...

Centauro, coração forte,
que derrete com um pingo de amor...

...no Dia dos Pais ou noutro dia qualquer!

Abraço,
António

19 de setembro de 2011 14:00  
Anonymous carlos disse...

walmir obrigado , tus palabras me dieron energia para seguir adelante o centauro toca mi corazon y renueva la esperanza obrigado carlos

2 de outubro de 2011 18:25  
Blogger Walmir Lima disse...

É recíproco, amigo Carlos.

Essa troca constante de energia e sentimentos entre os que comentam e eu é o que me alegra mais nesse Blog.

Obrigado por mais essa visita.

Um abraço,
Walmir

9 de outubro de 2011 00:07  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

10 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL