(Mário Quintana)

Google Custom Search



quinta-feira, 14 de março de 2013

Da Importância do Perdão

© Walmir Lima
Da Importância do Perdão


Hoje, mais uma vez, confesso que estou cansado.

Cansado da sobrecarga de mais uma etapa difícil, de uma luta quase inglória. Mas, a despeito disso, vou buscar forças não sei onde, como a procurar um pedacinho de balsa no meio do oceano, para falar de algo maravilhoso que temos. Algo capaz de operar milagres em nossas vidas, principalmente em nossos corações.

O que adianta termos tudo o que queremos e esquecermos da paz em nosso coração? Acredito que tudo o mais valha muito pouco, não é mesmo?

Assim, buscando substituir este sentimento de revolta, para mim, é hora de parar, refletir um pouco e pôr em prática aquela parte da oração, que, geralmente, falamos automaticamente... sem realmente dizer...

"... assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido..."

E buscar na união do Espírito o alívio para as dores que me afligem a matéria e a alma...

Portanto, quero falar da Importância do Perdão.

Muitos de nós sabemos, temos plena consciência de que se vão os dedos e ficam os anéis. O que levamos dessa vida não são os bens materiais. Esses ficam. O que levamos, efetivamente, são os valores morais. Sim, os valores morais intrínsecos em nós: A capacidade de amar, de perdoar, de administrar uma família, de fazer e conservar amigos, de ser útil e prestativo ao próximo, a capacidade de manter o equilíbrio mesmo naquela hora mais difícil, a capacidade de dizer não dizendo sim, e por aí vai.

Uma das mais exuberantes qualidades que podemos desenvolver conosco, internamente falando, é a capacidade de perdoar. Perdoar a si próprio pelos erros cometidos agora, no passado, seja em que época for, e perdoar as pessoas envolvidas nas situações vividas.

Não importa quem tenha ou teve razão. O importante, é a nossa capacidade fornecer o perdão.

Lá do fundo do nosso íntimo, no fundo do nosso ser, de nossa essência, perdoar aqueles que fizeram papéis de algozes para conosco. Aliviá-los desse fardo que emperra seu crescimento espiritual e aliviarmos um pouco nosso peso cármico, que, como na maioria dos casos, também não é nem um pouco pequeno.

À medida que vamos exercitando nossa capacidade de perdoar, estamos dilatando nossa compreensão com relação ao ser humano. Estamos usufruindo desses benefícios todos que a Sabedoria Divina nos proporciona. Inclusive, estamos trocando nossas dívidas maiores por dívidas menores, através do merecimento.

Perdoar, é sempre uma grande chave - a chave para o desenvolvimento espiritual. O perdão envolve pessoas, sentimentos, mágoas antigas, retira doenças no duplo etérico, altera as vibrações de nossos chakras, nos proporcionando auras bonitas, brilhantes, de cores vivas, iluminando todo o nosso ser.

O perdão nos faz bem - a nós e àqueles que nos cercam.

De paz com a Vida e com o que Ela me traz ..!!

Que Nosso Pai Maior nos abençoe e que sejamos merecedores disso tudo.

Marcadores:


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

5 Comentários:

Blogger Jorge Alfredo Gomes Lemos disse...




Confiado em teu conselho. e no das musas
A segue, e tua lima, e espirito claro
E assim mais haverá espantos que escusas
Em teu texto, e em teu canto douto e taro

14 de março de 2013 20:21  
Blogger Walmir Lima disse...

Querido Jorge,

Espelhado nos teus, sigo.

Abraços,
Walmir

14 de março de 2013 23:06  
Blogger Walter Sallin disse...

Véio, voce continua a mesma pessoa que conheci ha 32 anos - se houve alguma mágoa eu gostaria de ser perdoado
Saiba que tenho muita saudade dos vossos ensinamentos profissionais e gostaria de trocar conhecimentos
Meus filho Ricardo com 30 anos está envolvido num projeto pessoal e profissional em Fernandópolis-SP na TI e o Flavio participa de 4 bandas,leciona teclado num estudio no bairro do Paraíso e o casal 30 está muito bem graças graças a DEUS
Mande noticias, por favor
wasallin.cargosurveyors@gmail.com
fone 011 38282984

1 de abril de 2013 02:32  
Blogger zuleica-poesia disse...

Vim, de passagem, dar uma olhadinha no seu blog e encontro um Walmir muito tristonho. Se é esse o caso, que você se perdoe e que Deus o perdoe e tire a depressão de seus ombros. Muitos sorrisos para a frente! Abraços da Zuleica.

2 de abril de 2013 10:56  
Blogger REI disse...

Caro Walmir,
Perdoar seja por qual motivo for. Mesmo que seja por egoísmo, já que o rancor só pesa para quem o carrega.
Perdoar de forma racional, não se guarda rancor do lobo que nos ataca, é sua natureza, mas não lhe dê a oportunidade de atacar novamente.
Perdoar por motivos diferentes, de formas diferentes, mas perdoar!

15 de abril de 2013 23:52  


LINK => CLIQUE AQUI PARA FAZER SEU COMENTÁRIO

5 Comentários:

LINK => VOLTAR À PÁGINA PRINCIPAL