(Mário Quintana)

Google Custom Search



quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O Espelho da Vida

© Walmir Lima
O Espelho da Vida

A postagem anterior levou-me a conversas e reflexões com amigos sobre a figura da grande “Ilusão da Vida” refletida no espelho.
“Espelho”, esse meu confidente querido e sincero, com quem converso todos os dias, e que me joga as verdades literalmente na cara.
As verdades mais agudas sobre a ilusão da parte mais importante da minha vida, que já me fez mudar de rumo tantas vezes e que teimo em esconder... mas, verdades de outrora, que brotam em forma de poema...

-o0o-
Filhos...
O rosto do fruto
Espelhado no meu
Um só
Eu e o fruto
Estou em mim e no fruto
E na travessia
Entre eu e o fruto
De forma tão sensível
Que o fruto seja meu princípio...
-o0o-
Ledo e rotundo engano meu !!

Mas a notada e repetida presença da parábola do espelho, em meio às minhas últimas reflexões e textos, também me fizeram lembrar uma linda música composta pelos maravilhosos João Nogueira e Paulo Cesar Pinheiro, chamada “Além do Espelho”, que tem mesmo algo ou muito a ver com o que um dia idealizei.


Além do Espelho

Quando eu olho o meu olho além do espelho
Tem alguém que me olha e não sou eu
Vive dentro do meu olho vermelho
É o olhar do meu pai que já morreu
O meu olho parece um aparelho
De quem sempre me olhou e protegeu
Assim como meu olho dá conselho
Quando eu olho no olhar de um filho meu

A vida é mesmo uma missão
A morte é uma ilusão
Só sabe quem viveu
Pois quando o espelho é bom
Ninguém jamais morreu

Sempre que um filho meu me dá um beijo
Sei que o amor do meu pai não se perdeu
Só de olhar seu olhar sei seu desejo
Assim como meu pai sabia o meu
Mas meu pai foi-se embora num cortejo
E no espelho eu chorei porque doeu
Só que vendo meu filho agora eu vejo
Ele é o espelho do espelho que sou eu

A vida é mesmo uma missão
A morte é uma ilusão
Só sabe quem viveu
Pois quando o espelho é bom
Ninguém jamais morreu

Toda imagem no espelho refletida
Tem mil faces que o tempo ali prendeu
Todos têm qualquer coisa repetida
Um pedaço de quem nos concebeu
A missão do meu pai já foi cumprida
Vou cumprir a missão que Deus me deu
Se o meu pai foi o espelho em minha vida
Quero ser pro meu filho o espelho seu

A vida é mesmo uma missão
A morte é uma ilusão
Só sabe quem viveu
Pois quando o espelho é bom
Ninguém jamais morreu

E o meu medo maior é o espelho se quebrar
Meu medo maior é o espelho se quebrar
Meu medo maior é o espelho se quebrar
Meu medo maior é o espelho se quebrar

.

Marcadores: ,


Links para esta postagem

sábado, 2 de fevereiro de 2013

A Ilusão da Viagem

© Walmir Lima
A Ilusão da Viagem

Na vida, há dois tipos de viajantes.
Aqueles que olham no mapa,
E aqueles que olham no espelho.
Aqueles que olham no mapa estão partindo.
Aqueles que olham no espelho estão voltando para casa.

Antes dessa viagem, eu olhei no espelho.
Nesse momento, aprendi a não olhar para trás.

Nos cais e nas plataformas
Não se deve olhar para trás.
Porque, se olharmos,
Essa imagem continua viva...
Como uma promessa !!

Como disse Orson Welles:
"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos e morremos sozinhos. Somente através do amor e das amizades é que podemos criar a ilusão, durante um momento, de que não estamos sozinhos".

Entendi isso, Mr. Welles, faz tempo...
Tudo...
Tudo, não passou mesmo de
Ilusão !!

.

Marcadores:


Links para esta postagem