(Mário Quintana)

Google Custom Search



segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Redescoberta

© Walmir Lima

A reflexão sobre o que a vida me tem presenteado e o que estou sentindo fez lembrar a leitura de Charles Baxter e me trouxe um pequeno escrito seu que me parece se encaixar perfeitamente.


Há uma história sobre os deuses gregos.
Eles estiveram entediados, então, inventaram o ser humano.
Mas continuaram entediados, então, inventaram o amor.
Assim, não se entediaram mais.
Aí, decidiram experimentar o amor, eles mesmos.
E, finalmente, então, inventaram o riso
para que conseguissem dar-lhe o significado
.

Meus olhos estiveram fechados por muito tempo.

Me entendia como alguém que deu muito amor, mas nunca foi correspondido da forma que merecia.

Sentia dor no coração e não compreendia, não aceitava.

Então, agora, quando abri os olhos, tive a certeza de que, ao contrário do que alguns pensam, o amor não é apenas um truque da natureza para fazermos mais bebês.

O amor é tudo.

O amor é o único sentido que existe para esse sonho louco.

Marcadores:


Links para esta postagem

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Emprestando Palavras

© Walmir Lima

Suelta de Palomas

Soltar una paloma
no siempre es algo fácil
de imaginar

la paloma es la clave
de tantos sueños
artesanales

si uno dice paloma
piensa espíritu santo
piensa paz

por eso
soltar una paloma
es siempre algo difícil
de imaginar

quizá exista una sola
manera de lograrlo
soltar realmente
una paloma

Mario Benedetti
...

Somos donos de nossos atos
Mas não donos de nossos sentimentos
Somos culpados pelo que fazemos
Mas não somos culpados pelo que sentimos
Podemos prometer atos
Mas não podemos prometer sentimentos
Atos são pássaros engailoados
Sentimentos são pássaros em vôo

Mário Quintana
...

Guardar rancor é como tomar um veneno e esperar que o outro morra.

William Shakespeare
...


Marcadores: ,


Links para esta postagem

sábado, 2 de agosto de 2008

Serei Todas...

© Walmir Lima

Esta postagem é uma homenagem muito especial, para que você tenha muita sorte em seus novos caminhos, na semana que começa.

. . . . .

Aos meus olhos, este poema de Nidia Yaggi é um dos textos mais simbólicos que já vi - uma verdadeira parábola de um amor sincero.

Haverá aqueles que, ao lê-lo, 'enxergarão' apenas o que vêem no papel, e entenderão que é apenas um canto à submissão feminina.

Puro engano.

Ele é todo símbolos... símbolos de um sentimento mais puro: o do Amor Infinito em toda sua entrega.

Para mim, ele é como um 'Voto de Amor e de Paixão' e, principalmente, uma afirmação - um código - de honestidade.

Acredito, sinceramente, que, embora escrito na voz feminina (já que foi criado por uma mulher), tem um conteúdo profundo que serve perfeitamente a qualquer um de nós, homens ou mulheres, e deveria ser recitado, mesmo que mentalmente, todos os dias, olhando nos olhos da pessoa eternamente amada...


SEREI TODAS

No dia em que tu quiseres
ser meu senhor e meu rei,
serei todas as mulheres
na mulher que te darei.

No dia em que tu quiseres
o meu amor, meu carinho,
não farei com que me esperes,
seguirei no teu caminho.

Poderás ter tudo, enfim,
ser meu senhor e meu rei...
Não pertenço mais a mim,
sou tua e sempre serei.

Se dúvidas tu tiveres,
te afirmo de coração:
Serei todas as mulheres
cheia de amor e paixão.

Serei tua companheira
e por todas te amarei,
sempre, sempre... a vida inteira
na mulher que te darei.
Nidia Yaggi




(Imagem: óleo sobre tela "Endless Love" de Gun Derhammer, the Netherlands)

Marcadores:


Links para esta postagem

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Dica de Filme

© Walmir Lima

Links para esta postagem